pub
Imprimir

Caminho de Santiago tem etapas de Faro a Almodôvar reconhecidas

O Caminho de Santiago Português Central tem, desde o passado domingo, dia 5 de Março, as etapas de Faro a Almodôvar reconhecidas no terreno, com as tradicionais setas amarelas a marcar o terreno. Este trabalho foi feito pelo Grupo de Voluntários do Caminho de Santiago no Algarve.

Dos peregrinos algarvios, que já tinham começado a sinalização do Caminho de Santiago desde Faro em 3 de Julho, a Associação Espaço Jacobeus destaca «a valentia com que continuaram a cordilheira que separa o Algarve do Alentejo» nesta jornada.

«Em condições adversas de chuva e vento constantes, mas com a passada de quem tem um destino bem definido e um caminho bem traçado, atravessaram cursos de água e marcaram os desvios necessários para a época de cheias, como na Ribeira do Vascão», acrescenta.

A terceira e quarta etapas, entre Salir e Almodôvar, com cerca de 50 quilómetros, contaram com o descanso intermédio no Ameixial, onde o Grupo de Voluntários se abasteceu e pernoitou no albergue da Junta de Freguesia de Ameixial. Este é considerado por Susana Sousa como caso de boa prática a seguir, pelas excelentes instalações.

«O alojamento é muito importante para os peregrinos, pois precisam de repor energias para seguir viagem no dia seguinte. E não pode ser muito caro, porque um peregrino de longa distância, aquele que se desloca de Faro a Santiago de Compostela, por exemplo, pode chegar a passar em média uns 40 dias fora de casa. Tudo o que for acima dos 15 euros é caro», disse.

O trabalho de reconhecimento e marcação do Caminho Português Central no Algarve teve, por exemplo nas últimas duas etapas, o apoio da Câmara Municipal de Loulé, da Junta de Freguesia do Ameixial, da União de Freguesias de Querença, Tôr e Benafim, da Ordem Franciscana Secular de Faro, do Grupo de Caminhadas Algarvio Escalfadinhos Marafados e do Festival de Caminhadas do Ameixial.

A iniciativa foi feita no âmbito de uma dissertação de Mestrado de Susana Sousa, aluna da Universidade do Algarve, e alavancado pela Associação Espaço Jacobeus, com a colaboração do Festival de Caminhadas do Ameixial e do Grupo de Caminhadas Algarvio Escalfadinhos Marafados também.

Esta dissertação foi orientada por Luís Filipe Oliveira, que até deu uma conferência sobre as «superficialidades históricas referentes ao verdadeiro papel da Ordem de Santiago na conquista do Sul do território português», no dia 4 de Março, na Igreja de Santa Maria do Castelo, em Tavira.

A quarta etapa, entre Ameixial e Almodôvar, voltará a ser percorrida no dia 29 de Abril, na edição do Festival das Caminhadas do Ameixial.

O grupo entrará em Almodôvar pela Rua do Algarve em direção à Igreja de Santo Ildefonso e será recebido no Museu da Escrita do Sudoeste a partir das 15h30.

Os interessados no Caminho de Santiago, podem participar no grupo aberto ao público que reúne na Igreja de São Francisco, em Faro, à segunda quarta-feira de cada mês, entre as 19h00 e as 20h00, em modo de “Ponto de Encontro do Peregrinos (PEP)”, onde se pode adquirir a credencial do peregrino e esclarecer todo o tipo de dúvidas.

Comentários

pub
pub

Em foco

pub
Logo Lugar ao Sul
pub
pub