Albufeira e RTA esclareceram empresários do turismo sobre apoios devido à Covid-19

A iniciativa contou com mais de 80 participantes

Albufeira, um dos princípios destinos turísticos do Algarve, e a Região de Turismo do Algarve (RTA) organizaram, no passado dia 6 de Maio, uma sessão de esclarecimento dirigida aos empresários do turismo. 

A iniciativa, que contou com mais de 80 participantes, deu a conhecer a Linha de Apoio à Tesouraria (Covid-19) – Microempresas do Turismo. Trata-se de um instrumento que pretende responder às necessidades imediatas de financiamento das microempresas, salvaguardando a sua atividade plena e o seu capital humano. A dotação desta linha ascende aos 60 milhões de euros.

A sessão contou com a intervenção de José Carlos Rolo, presidente da Câmara de Albufeira, que destacou a importância do concelho no contexto turístico regional e nacional.

«Albufeira é um concelho que, devido à sua dinâmica económica, gera riqueza, gera emprego, e gera também receita para o Orçamento Geral do Estado, pelo que é fundamental que, nesta fase, as soluções apresentadas sejam práticas e exequíveis», disse.

O autarca foi acompanhado a sessão e colocando algumas sugestões, aproveitando ainda para esclarecer quais os instrumentos que a autarquia está a aplicar, no sentido de ir ao encontro das necessidades dos empresários.

João Fernandes, presidente da Região de Turismo de Algarve, fez um retrato do atual estado da atividade turística, sublinhando que se espera algum incremento a partir de Junho, dentro de um quadro limitado que decorre também das diretrizes nacionais e internacionais no que diz respeito à circulação de pessoas.

João Fernandes recordou que o mercado nacional e de proximidade, nomeadamente Espanha, embora condicionado ao evoluir da situação neste país, poderão contribuir para alguma atividade económica durante esta época balnear, uma vez que as deslocações por via aérea serão muito mais condicionadas.

A “Linha de Apoio à Tesouraria para Microempresas do Turismo – Covid-19”, um incentivo reembolsável sem juros remuneratórios, é direcionada essencialmente a microempresas do setor do turismo até 10 postos de trabalho e cujo volume de negócios anual ou balanço total anual não exceda 2 milhões de euros.

O apoio financeiro corresponde ao valor de 750 euros mensais por cada posto de trabalho existentes na empresa a 29 de Fevereiro, multiplicado pelo período de três meses, até ao montante máximo de 20 mil euros por empresa. O prazo máximo de execução é de 3 anos a contar da data de celebração do contrato, incluindo um período de carência de capital de 12 meses.

Os interessados em obter mais informação sobre este e outros instrumentos de apoio, podem fazê-lo através do AGE (Gabinete de Empreendedorismo de Albufeira) ou através do Gabinete de Apoio ao Empresário da Região de
Turismo do Algarve.

No caso do AGE pode contactar pelo 289 599 579. Já o Gabinete de Apoio ao Empresário da Região de Turismo do Algarve, pode ser contactado através do e-mail apoio.investidor@turismodoalgarve.pt.




 

Comentários

pub