Lagoa implementa programa de conciliação entre a vida profissional e pessoal

O texto assinado prevê que os trabalhadores do Município gozem de dias de descanso, além do previsto

A Câmara de Lagoa e representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública e de entidades com fins públicos (SINTAP) assinaram, no passado dia 11 de Fevereiro, um acordo para implementar medidas de conciliação entre a vida profissional, familiar e pessoal previstas no programa “3 em Linha”.

O texto assinado prevê que os trabalhadores do Município gozem de dias de descanso, além do previsto no calendário oficial, como por exemplo o seu dia do seu aniversário, as vésperas de Natal e de Ano Novo, o dia de Carnaval, ou a tarde de quinta feira anterior à Páscoa.

Estende também a concessão de dias por falecimento de familiares, a graus de parentesco antes não previstos.

Este programa também contempla a majoração de dias de férias em função da avaliação obtida por cada trabalhador: três dias para o nível excelente, dois para a nota de relevante e um dia para quem obteve a classificação de adequado.

Este acordo coletivo de trabalho foi assinado pelo presidente da Câmara Luís Encarnação e pelos secretários nacionais do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública e de entidades com fins públicos (SINTAP) João Paulo Barnabé e Victor Correia.

«O objetivo é contribuir para a melhoria do clima organizacional. Acreditamos que trabalhadores mais motivados aumentam a sua produtividade e elevam a qualidade dos serviços prestados aos munícipes. Sejam os quase 23 mil habitantes registados em Janeiro ou os 120 mil que estão no concelho em Agosto. Garantir a qualidade dos serviços e se possível melhorá-la, é o que pretendemos», afirmou Luís Encarnação.

Participaram neste ato protocolar, além do executivo municipal de Lagoa, todos os dirigentes da autarquia e os representantes sindicais.

A conciliação entre a vida profissional, familiar e pessoal dos trabalhadores municipais, é um desígnio do “Programa 3 em linha” a que a Câmara de Lagoa aderiu no final de 2018, com outras 10 autarquias portuguesas pioneiras nesta área.

Comentários

pub
pub