Governo dá luz verde à construção de Centro de Saúde Universitário em Loulé

A obra custa 3,7 milhões de euros

O Governo já deu luz verde à construção de um edifício, em Loulé, que vai agrupar a Unidade de Saúde Familiar Lauroé, a Unidade de Cuidados de Saúde na Comunidade de Loulé, prevendo também a criação de um Centro de Saúde Universitário.

A decisão foi conhecida esta quinta-feira, 17 de Fevereiro, com o Ministério da Saúde a validar, enviando para publicação em Diário da República, a autorização necessária para a celebração do contrato-programa com o Município de Loulé.

A obra prevê a ampliação e melhoramento do Centro de Saúde de Loulé, por forma a proceder também à instalação da sede do Agrupamentos de Centros de Saúde do Algarve Central.

A algarvia – e louletana – Jamila Madeira, secretária de Estado Adjunta e da Saúde, foi a responsável por esta decisão, salientando a importância do projeto não só para a melhoria do acesso e da prestação de cuidados de saúde à população de Loulé, mas também para a fixação de clínicos no Algarve.

«Trata-se de um projeto inovador que assumirá a forma de um Centro de Saúde Universitário, com uma forte componente de ensino e investigação. Vai acrescentar qualidade aos serviços de saúde prestados à população, contribuindo também para a valorização da própria Universidade do Algarve», diz.

A obra custa 3,7 milhões de euros – 1,3 são despesa do Ministério da Saúde já aprovada.

Comentários

pub
pub