GNR deteve filho que batia nos pais e homem que agredia ex-namorada

Mais dois casos de violência doméstica

Um é suspeito de bater na mãe a soco; o outro, de agredir a ex-namorada, ameaçando incendiar-lhe a casa se esta não reatasse a relação. Estas são duas detenções, por violência doméstica, anunciadas pela GNR esta quinta-feira, 20 de Fevereiro, feitas nos concelhos de Faro e Loulé. 

No primeiro caso, conta a GNR, «os militares detiveram um homem de 39 anos, que, com um comportamento bastante violento, agrediu a progenitora a soco, tentando também agredir o próprio pai e a patrulha da GNR que entretanto foi chamada ao local».

No segundo caso, no âmbito de uma investigação por violência doméstica, «foi dado cumprimento a um mandado de detenção a um homem de 23 anos, por agredir a ex-companheira de 37 anos, ameaçando incendiar-lhe a casa caso esta não reatasse a relação».

As ações contaram com o reforço do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas de Faro. Ainda não são conhecidas as medidas de coação.

Comentários

pub
pub