Morreu António Lopes, professor da Universidade do Algarve

António Lopes era subdiretor da Escola Superior de Educação e Comunicação

António Lopes, professor da Escola Superior de Educação e Comunicação (ESEC) da Universidade do Algarve, morreu este sábado, 14 de Dezembro, aos 52 anos, vítima de doença.

Em nota publicada nas redes sociais, a ESEC comunicou o falecimento do docente, natural de Faro, que ocupava os cargos de subdiretor e membro do conselho técnico-científico da escola.

António Lopes licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas, variante Inglês/Alemão, pela Faculdade de Letras de Lisboa. Tinha uma pós-graduação em Estudos Anglo-Americanos pela mesma Faculdade e era mestre em Estudos Anglo-Portugueses, na especialidade de Literatura Inglesa, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Era também doutorado em Cultura Inglesa pela mesma Universidade.

O docente lecionou unidades curriculares de língua e cultura inglesa, literatura inglesa, estudos literários e estudos culturais e foi diretor de cursos de formação de professores de Inglês para o ensino básico.

António Lopes foi investigador do CETAPS (FCHS-UNL e FLUP), onde colaborava em várias linhas de investigação e era memmbro da comissão redatorial da Revista de Estudos Anglo-Portugueses (indexada na SCOPUS) e reviewer em várias revistas indexadas.

O professor participou ainda em projetos europeus, coordenados pela Universidade da Amesterdão, e foi coordenador internacional do projeto europeu PETALL (Pan-European Task-based Activities for Language Learning) que envolve universidades e escolas secundárias de dez países europeus.

Era ainda o representante para Portugal da EUROCALL – European Association for Computer-Assisted Language Learning.

O velório de António Lopes está previsto para esta segunda-feira, segundo a ESEC, mas ainda não são conhecidos mais pormenores sobre o local e o horário.

Comentários

pub
pub