Casa do Guarda torna-se Centro Interpretativo da Mata do Barão de São João

Conselho Diretivo do ICNF visitou ainda o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens

Foto de arquivo

O Conselho Diretivo do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) do Algarve aprovou, esta quinta-feira, 5 de Setembro, a assinatura de um protocolo com a Câmara de Lagos, em colaboração com a Associação Almargem, para que seja instalado, na Casa do Guarda, o Centro Interpretativo da Mata do Barão de São João. 

Nesta reunião, o ICNF também homologou os relatórios do período experimental de 10 novos vigilantes da Natureza, que integraram o Corpo de Vigilantes da Natureza a Direção Regional.

Também se decidiu que Vitor Casalinho, vigilante da natureza da equipa do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, vai participar no 9º World Ranger Congress, no Nepal.

O Conselho Diretivo do ICNF visitou ainda o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens, gerido pelo RIAS, que comemora, no mês de Outubro, 10 anos de vida.

Comentários

pub
pub