Grupos de três países levam o seu folclore a São Brás de Alportel

Espetáculo insere-se na programação do FolkFaro

Grupos folclóricos do Japão, da Colômbia e da Eslováquia vão atuar amanhã em São Brás de Alportel, a partir das 22h00, no Jardim Carrera Viegas, onde está a decorrer a feira Stock Out.

Este espetáculo insere-se na programação do FolkFaro – Festival Internacional de Folclore da Cidade de Faro, que mais uma vez integra uma apresentação em São Brás de Alportel no seu roteiro.

«Conhecida mundialmente pela histórica explosão atómica da II Guerra Mundial, a cidade de Hiroshima, no Japão, renasce através da música através dos imponentes tambores tocados de forma minuciosa pelo grupo Sanyo DaikoDan. Um grupo de jovens japoneses, que se dedica há vários anos à arte performativa em tambores Taiko, elementos importantes da cultura japonesa, tocados em ocasiões especiais, dará início a este encontro de Danças do mundo», descreve a Câmara de São Brás de Alportel.

Seguem-se «ritmos quentes da Colômbia», proporcionados pelos elementos do Ballet Folclórico Nacional Jaime Orozco, proveniente de Bogotá. Fundado em 1954 pelo maestro Jaime Orozco «este grupo é o mais antigo da Colômbia e visa investigar, preservar e divulgar as músicas e as danças tradicionais colombianas dentro de um estilo muito próprio e vanguardista».

Da Eslováquia chega o Folclore Ensemble Rozmarija, que conta na sua formação original com 250 elementos, dos 4 aos 72 anos, e «traz a São Brás de Alportel uma representação de danças tradicionais, num espetáculo bem-disposto e teatral».

De entrada gratuita, esta iniciativa resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal de São Brás de Alportel e o Grupo Folclórico de Faro, «com o objetivo de promover o acesso à cultura, a tolerância e a união entre os povos através da valorização de diferenças culturas».

 

Fotos: Câmaras de São Brás de Alportel e de Faro

Comentários

pub
pub