Jovens de Loulé transformam-se em vigilantes florestais durante as férias

Ação destina-se a jovens entre os 12 e os 17 anos

Jovens voluntários vão voltar a patrulhar a zona rural do concelho de Loulé, durante as férias escolares, na 12ª edição do programa “Vigilância Florestal – Voluntariado Jovem“.

A iniciativa, promovida pela Câmara de Loulé, através do seu Serviço Municipal de Proteção Civil, destina-se a jovens com idades compreendidas entre os 12 e 17 anos.

A atividade decorre nos meses de Julho e Agosto. Durante este período serão constituídas, no total, nove brigadas, compostas por sete elementos acompanhados por um monitor.

Quinzenalmente, duas brigadas vão operar em dias alternados, fazendo a vigilância da extensa área florestal do concelho.

Os objetivos deste programa são, segundo explica a autarquia, «a prevenção e deteção de fogos florestais, a sensibilização e informação à população, a interação com a população mais idosa e isolada e a aprendizagem relacionada com os incêndios florestais».

As caminhadas ao ar livre favorecem também «as relações interpessoais entre os voluntários que participam. Por outro lado, com este projeto é sublinhada a importância da floresta e do meio ambiente», acrescenta a Câmara de Loulé.

Este programa conta com o apoio das juntas de freguesia de Alte, Ameixial, Salir e União de Freguesias Querença, Tôr e Benafim e terá o seu culminar no dia 30 de Agosto, com um momento de convívio entre todos os participantes e intervenientes, onde os jovens voluntários irão receber o seu diploma de vigilantes da natureza.

Comentários

pub
pub