Alunos com médias superiores a 17 valores não pagam propinas na UAlg

Medida premeia o mérito escolar, ao mesmo tempo que procura atrair os melhores alunos para a UAlg

Os alunos que tiverem médias iguais ou superiores 17 valores no ensino secundário não pagam propinas no 1º ano de curso na Universidade do Algarve, caso se candidatem em primeira opção a este estabelecimento de ensino superior.

O apoio será garantido pelo programa de bolsas de excelência da UAlg, que conta já com mais de 40 empresas, que apoiam, cada qual, pelo menos um aluno que se destaque pelas notas obtidas no secundário.

Além de bolsas «a todos os alunos com a classificação igual ou superior a 17 valores, que se candidatem à UAlg em primeira opção, continuarão a ser atribuídas bolsas de excelência aos alunos com a melhor nota de candidatura em cada um dos cursos da UAlg, desde que igual ou superior a 15 valores», anunciou a universidade.

Ao atribuir estes apoios, a academia algarvia e os seus parceiros pretendem premiar o mérito escolar, mas também atrair os melhores alunos para o Algarve. No fundo, está em causa a poupança de 871,52 euros, o valor da propina do 1º ano.

«Esta iniciativa, inserida num quadro de responsabilidade social por parte do tecido empresarial, representa um importante sinal de reconhecimento do mérito pelo trabalho desenvolvido por estes alunos, para além de constituir uma significativa ajuda para as famílias suportarem os encargos com os seus educandos», acredita Paulo Águas, reitor da UAlg.

Nas sete edições já realizadas, a Universidade do Algarve, conjuntamente com mais de 40 empresas, «já premiou quase 300 alunos que ingressaram nos seus cursos de formação inicial, totalizando um apoio de cerca de 280 mil euros».

Comentários

pub
pub