Universidade do Algarve procurou parcerias na República Dominicana

Comitiva algarvia esteve na Universidad Nacional Evangélica

A Universidade do Algarve viajou até à República Dominicana à procura de oportunidades de cooperação nas áreas da Inovação, Empreendedorismo e Transferência de Tecnologia, da Saúde, das Ciências Sociais, entre outras.

Uma comitiva da academia algarvia esteve uma semana naquele país, visitou a Universidad Nacional Evangélica e reuniu-se com os responsáveis máximos desta instituição, para falar de potenciais colaborações futuras.

A comitiva contou com a coordenadora do Gabinete de Relações Internacionais e Mobilidade (GRIM), Marleni Azevedo, com o coordenador da Divisão de Empreendedorismo e Transferência de Tecnologia (CRIA), Hugo Barros, com docentes e investigadores do Departamento de Ciências Biomédicas e Medicina (DCBM) e do Centro de Investigação em Biomedicina (CBMR), Sandra Pais e Álvaro Tavares.

«A nível da investigação foram trocadas experiências na área do envelhecimento que permitiram avaliar a realização de estudos conjuntos.

A comitiva portuguesa teve ainda a oportunidade de lecionar aulas sobre Empreendedorismo (Hugo Barros, CRIA), Oportunidades Erasmus (Marleni Azevedo, GRIM), Alterações músculo-esqueléticas associadas ao envelhecimento (Alunos do curso de Dietética), Sarcopenia e avaliação antropométrica em idosos (Sandra Pais, CENIE – Centro Internacional sobre o Envelhecimento).

Paralelamente, decorreu o XV Congresso Internacional de Investigación Cientifica promovido pelo Ministério de Educación Superior, Ciencia y Tecnologia (MESCYT) da República Dominicana, onde a comitiva teve a oportunidade de participar, através de várias comunicações orais.

Esta visita realizou-se no âmbito do projeto Erasmus ICM Merging Voices, financiado pelo programa europeu Erasmus , e do projeto CENIE, financiado pelo programa operativo POCTEP.

Comentários

pub
pub