FIMA acaba com “Música e Viagens” no Teatro das Figuras

Bilhetes custam 15 euros

Daniel Stabrawa e Máté Szücs são os solistas convidados para o concerto “Música e Viagens” que marca o encerramento do 34º Festival Internacional de Música do Algarve (FIMA), esta sexta-feira, 31 de Maio, no Teatro das Figuras, em Faro. 

O maestro Rui Pinheiro é quem vai dirigir a Orquestra Clássica do Sul neste concerto final.

“Música e Viagens” foi o tema escolhido para o derradeiro concerto desta edição do FIMA. Segundo Rui Pinheiro, «as grandes viagens foram sempre uma consequência inevitável para os compositores de maior sucesso» e nesse facto foi tida inspiração para o programa da noite de dia 31 de Maio.

«Quando C. M. von Weber recebeu o convite para escrever a ópera “Oberon”, baseada na obra de Shakespeare, embarcou numa viagem a Londres para melhor dominar a língua inglesa», diz.

 

 

Por outro lado, «Mozart, enquanto compositor e intérprete das suas obras, realizou uma longa digressão europeia com passagens por Mannheim, Paris e Munique, onde recebeu fortes influências estilísticas e formais», afirma Rui Pinheiro.

O compositor checo A. Dvorák terá viajado até aos Estados Unidos da América e a sua 9ª Sinfonia foi o resultado de uma encomenda da Orquestra Filarmónica de Nova Iorque.

A Orquestra Clássica do Sul acompanhará nesta viagem musical dois músicos de renome internacional – Daniel Stabrawa (violino), solista na Orquestra Filarmónica de Berlim, e Máté Szücs (viola), que também passou pela Orquestra Filarmónica de Berlim mas atualmente é professor na Haute École de Musique de Genébra.

Os bilhetes custam 15 euros e podem ser adquiridos no local do evento e através da bilheteira online disponível aqui.

Comentários

pub
pub