Cirurgião do Hospital de Portimão conquista a única vaga de estágio europeu

Miguel Cunha é médico interno a cumprir o último ano de formação em cirurgia geral

O médico Miguel Cunha, interno do último ano da formação específica de cirurgia geral na unidade de Portimão do Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA), conquistou a única vaga anual para uma Fellowship (estágio) de seis meses da Sociedade Europeia de Coloproctologia (ESCP).

Na sequência da sua seleção, Miguel Cunha escolheu o Hospital del Mar, em Barcelona, onde já se encontra a trabalhar desde o início do mês de Março. O médico explicou a opção com o seu interesse em «desenvolver ainda mais a cirurgia colorretal minimamente invasiva por via laparoscópica», mas também por ser um centro muito ligado à investigação.

Natural de Coimbra, e tendo feito o seu percurso académico em Lisboa, Miguel Cunha teria tido oportunidade de fazer o seu internato num destes grandes centros mas escolheu a unidade de Portimão, do CHUA, porque considera que o melhor sítio para «crescer no que toca à cirurgia geral será um “hospital periférico”. Vim à procura de uma oportunidade e encontrei um mar cheio de oportunidades. Desde o início que tenho estado mais ligado à cirurgia colorretal, mas estou a fazer o internato de cirurgia geral e tenho tentado aproveitar todas as valências», explicou o médico.

O concurso para este estágio, promovido e acreditado pela ESCP, é aberto a profissionais de todo o mundo, sendo a candidatura feita por currículo, onde é considerada a experiência cirúrgica, científica e projectos realizados na área da investigação.

Para concorrer a esta vaga é necessário ter pelo menos 5 anos de experiência em cirurgia geral com a valência de cirurgia colorretal e destina-se a internos no final do internato ou recém-especialistas.

Após a Fellowship a decorrer em Barcelona até Agosto, o médico Miguel Cunha regressará ao CHUA para concluir o internato.

Comentários

pub
pub