“The Bachelor” gravado no Algarve chega a 11 milhões de americanos

Episódio vai para o ar a 4 de Março, nos Estados Unidos

Cabo de S. Vicente foi um dos cenários utilizados na gravação do programa

O Algarve foi o destino escolhido como cenário para os últimos episódios da temporada 23 do reality-show “The Bachelor”, um formato de grande sucesso nos EUA, transmitido pela cadeia televisiva ABC.

A emissão deste episódio está prevista o dia 4 de Março, «onde os espectadores do programa irão poder conhecer a beleza das paisagens naturais da região, com destaque para o cabo de São Vicente e para a cidade de Tavira», revela a Associação de Turismo do Algarve,.

«Realizado sempre num ambiente luxuoso, incluindo viagens pelo mundo a lugares paradisíacos, The Bachelor é um reality-show cujo conceito consiste em dar a um homem solteiro a oportunidade de encontrar o amor através do convívio com um grupo de mulheres, das quais terá que escolher uma no final do programa», explica a ATA.

O programa, que é transmitido em horário primetime, «está no ar há 15 anos, contando, neste momento, com a sua 23ª temporada. O programa regista uma média semanal de 11 milhões de telespectadores nos EUA, sendo que todos os episódios estão também disponíveis para visualização em plataformas streaming e on demand. A edição americana do The Bachelor chega aos cinco continentes, sendo neste momento emitida em cerca de 225 países».

A gravação do programa no Algarve contou com o apoio da Associação Turismo do Algarve (ATA), a agência responsável pela promoção turística externa da região, que diz que «encontrou nesta ação uma oportunidade estratégica para projetar a imagem e a notoriedade do destino junto do mercado norte-americano».

«Tendo em conta a audiência e o sucesso do The Bachelor, acreditamos que este será um excelente veículo para darmos a conhecer o Algarve como um destino apelativo e surpreendente e para posicionar a região como uma alternativa aos destinos europeus tradicionalmente procurados pelo mercado norte- americano, sobretudo junto de um segmento apreciador de um turismo de luxo, diferenciador e baseado em experiências autênticas», refere João Fernandes, presidente da ATA.

«Além disso, que melhor destino que o Algarve para encontrar o amor?», acrescenta.

De acordo com a ATA, «o interesse do mercado norte-americano pela região tem vindo a aumentar de forma significativa. Em 2018, o Algarve registou a presença de 78 mil hóspedes provenientes dos EUA (mais 25,3% do que no ano anterior) e contabilizou perto de 219 mil dormidas (um aumento de 29,4% face a 2017)».

Comentários

pub
pub