Obras já começaram na Muralha do Forte de S. Sebastião

Recuperação do Troço da Muralha da Cerca Abaluartada foi aprovada no âmbito do Programa CRESC Algarve 2020

As obras de recuperação e consolidação do Troço da Muralha da Cerca Abaluartada, conhecida como a Muralha do Forte de S. Sebastião e que dá acesso ao Castelo de Castro Marim, já começaram, sob a responsabilidade da Câmara Municipal desta vila algarvia.

Esta intervenção, estimada em cerca de 170 mil euros, vai travar o desmoronamento progressivo que se tem vindo a verificar neste pano de muralha e também dar continuidade a investimentos realizados noutras zonas da Cerca Seiscentista.

«Preservar a autenticidade e a integridade da fortificação da vila de Castro Marim» é o principal objetivo desta empreitada, acrescenta a autarquia.

Submetidas e aprovadas pelo Ministério da Cultura, através da Direção Regional do Algarve, as intervenções estão a ser acompanhadas por um arqueólogo.

A recuperação do Troço da Muralha da Cerca Abaluartada foi aprovada no âmbito do Programa CRESC Algarve 2020, sendo apoiada por Portugal e União Europeia, cofinanciada a 70% pelo FEDER.

Comentários

pub
pub