Jornalista Domingos Viegas foi uma das vítimas mortais do acidente em Castro Marim

Domingos Viegas era jornalista do Jornal do Algarve

O jornalista Domingos Viegas, de 46 anos, foi uma das vítimas mortais do acidente desta manhã, na EN122, em Castro Marim.

Domingos Viegas, que era profissional do Jornal do Algarve, era casado e pai de duas filhas menores.

Ao que o Sul Informação apurou, Domingos Viegas regressava de uma viagem a Lisboa, onde tinha ido buscar a edição do Jornal do Algarve desta semana. O acidente deu-se precisamente na estrada que liga Castro Marim a Vila Real de Santo António, onde aquele jornal tem sede.

Além de Domingos Viegas, a colisão frontal entre dois automóveis vitimou outro homem. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro tinha começado por dizer que se tratava de um homem com cerca de 40 anos, mas informações recolhidas pelo nosso jornal indicam a outra vítima mortal tinha 21 anos. Tratava-se de um jovem residente em Castro Marim.

Nas operações de socorro, estiveram 25 operacionais e 9 viaturas,tendo ainda sido acionado um helicóptero do INEM. A estrada continua cortada. O alerta foi dado às 9h29.

A equipa do Sul Informação apresenta as suas mais sentidas condolências à família e amigos de Domingos Viegas, bem como ao diretor Fernando Reis e demais equipa do Jornal do Algarve. Condolências que se estendem, obviamente, aos familiares e amigos da segunda vítima deste trágico acidente.

Comentários

pub
pub