Edifícios públicos de São Brás “ganham” baterias de condensação para poupar energia

Câmara investiu 15 mil euros para poupar, em média, 900 euros por mês em energia

Foto: Gonçalo Dourado|Sul Informação

A Câmara de São Brás de Alportel dotou equipamentos do concelho com baterias de condensação de energia, «que permitem uma significativa poupança energética».

As escolas EB 1 JI de São Brás de Alportel, o Jardim de Infância “Joaninhas”, o Pavilhão Municipal, o Polidesportivo, o Complexo de Piscinas Cobertas e o Cineteatro Municipal são as infraestruturas que passaram a contar com esta tecnologia.

Ao todo, foram investidos 15 mil euros, para se obter um valor de poupança média mensal estimado de 900 euros. Ou seja, o investimento estará pago «em apenas 14 meses», salientou a Câmara.
«As baterias de condensadores de energia fornecem aos equipamentos elétricos a energia reativa necessária para a manutenção do campo magnético, evitando custos elevados no consumo de energia reativa em equipamentos de elevado consumo», explicou a autarquia são-brasense.

Esta foi mais uma medida do Plano Municipal de Eficiência Energética, no âmbito do qual, entre 2015 e 2017, «foram substituídas pela EDP, em parceria com o Município, mais de 500 luminárias obsoletas, foram instalados redutores de fluxo energético e foi aplicada tecnologia LED nas obras municipais em espaço público e edifícios».

«Esta é mais uma ação que cumpre os critérios de eficiente racionalização da energia e constitui um passo importante no desafio da qualidade ambiental e na poupança energética, ao mesmo tempo que são garantidas as condições e exigências de segurança», concluiu a Câmara de São Brás de Alportel.

Comentários

pub
pub