Taxa de ocupação dos hotéis do Algarve voltou a descer em Outubro

Houve menos britânicos, holandeses e irlandeses a visitar o Algarve, mas o mercado português subiu significativamente

A taxa global de ocupação média por quarto no Algarve desceu em Outubro, em relação ao mesmo mês do ano passado. Este indicador fixou-se nos 71,2%, menos 1% do que em 2017, revelou a AHETA – Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve.

Segundo a associação, apesar desta descida, «o volume de vendas subiu 3,5% face ao período homólogo». Ou seja, apesar de haver menos procura, os proveitos cresceram, uma tendência que se tem verificado ao longo dos últimos meses.

A AHETA revelou, ainda, que a descida na taxa de ocupação se deveu, «sobretudo, aos mercados britânico (-6,8%), holandês (-13,4%) e irlandês (‑6,5%). O mercado nacional foi o que apresentou a maior subida (+14,5%), atenuando a descida verificada».

Desde o início do ano, «a taxa de ocupação quarto regista uma descida de 1,5% e o volume de negócios um aumento de 3,1%».

Comentários

pub
pub