AMAL apresenta estudo com soluções para potenciar economia e áreas empresariais do Algarve

Mar e novas tecnologias são áreas de atividade económica que poderão vir a ser potenciadas na região

Créditos: Depositphotos

A AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve apresenta, na próxima terça-feira, 2 de Outubro, no Campus da Penha da Universidade do Algarve, em Faro, os resultados do “Estudo de identificação dos fatores críticos de competitividade das áreas de acolhimento empresarial do Algarve”, em que são apontadas propostas para potenciar a economia na região.

O estudo, que consta do projeto Revit +, foi elaborado pela AMAL e indica a necessidade de melhorar e reestruturar as atuais áreas empresariais do Algarve, criando maior atratividade e melhores condições que poderão passar, por exemplo, pela certificação ambiental desses espaços, pelo tratamento conjunto de resíduos ou por garantir o acesso a redes digitais, por parte de todas as empresas.

Entre as áreas de atividade económica que poderão vir a ser potenciadas na região estão, por exemplo, o mar e as novas tecnologias.

«Por outro lado, o estudo vai ser apresentado numa altura oportuna, uma vez que está em curso a revisão dos Plano Diretores Municipais (PDM)», diz a AMAL.

A sessão de abertura da cerimónia vai contar com as intervenções de Brandão Pires, primeiro secretário da AMAL, Francisco Serra, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve, Vitor Neto, presidente do NERA – Associação Empresarial da Região do Algarve, Paulo Águas, reitor da Universidade do Algarve, e Paulo Santos, vice-presidente da Câmara de Faro.

Segue-se a apresentação do estudo, coordenado pelo economista António Oliveira das Neves, e um debate que terá a participação de especialistas e responsáveis de diversos organismos, regionais e nacionais.

Jorge Botelho, presidente da AMAL, e Adriano Pimpão, presidente da Assembleia Intermunicipal, encerrarão os trabalhos às 13h00.

Comentários

pub
pub