VRSA: Homem que roubou ouro e relógios fica em prisão preventiva

Detido morava numa antiga fábrica em estado devoluto

Um homem, de 26 anos, suspeito de furtar 34 peças em outro e dois relógios, em Vila Real de Santo António, fica em prisão preventiva. 

Segundo a GNR, desde Junho que decorria «uma investigação, a cargo da secção de Loulé do Departamento de Investigação e Ação Penal de Faro, por furtos qualificados».

Agora foi «dado cumprimento a um mandado de detenção para o suspeito» que morava numa antiga fábrica abandonada.

No total, a GNR apreendeu as 34 peças em outro, dois relógios, uma arma de ar comprimido, uma moca de madeira e um leitor de música.

Parte dos objetos recuperados já foram entregues aos proprietários. Os restantes, diz a GNR, «estão disponíveis para reconhecimento no Núcleo de Investigação Criminal de Loulé».

A operação contou com a colaboração operacional da Polícia de Segurança Pública e da Polícia Marítima.

Comentários

pub
pub