Cortelha serve Manjares Serranos ao som de Folclore

Além de pratos tradicionais da gastronomia serrana, também vão passar na Cortelha grupos de folclore de vários pontos do país

A aldeia da Cortelha, no interior do concelho de Loulé, volta a servir “Manjares Serranos” nos dias 4 e 5 de Agosto. Papas de milho, galo com grão, javali estufado, orelha de porco, chouriço e aguardente de medronho são algumas das muitas iguarias que serão servidas neste evento, que decorrerá no pavilhão polidesportivo local.

Além de pratos tradicionais da gastronomia da Serra do Caldeirão, que poderão ser encontrados na “Taberna dos Manjares” que será instalada no polidesportivo da Cortelha, também o folclore ocupa um lugar central neste evento.

O Festival de Folclore da Serra do Caldeirão, que se insere no programa da mostra gastronómica “Manjares Serranos”, decorre no sábado, dia 4 de Agosto, e vai dar a conhecer danças e cantares do Alto Minho, com o Grupo de Folclore das Terras de Nóbrega, do Ribatejo, com o Grupo Folclórico da Golegã, de Setúbal, com o Rancho Folclórico Praias do Sado, e os usos e costumes do interior algarvio, com o grupo anfitrião, o Grupo Etnográfico da Serra do Caldeirão.

No final da noite de sábado, haverá baile, animado pelo grupo Sons do Sul.

No domingo, dia 5, a banda Moces Marafados vai fazer «uma retrospetiva da música popular portuguesa» e apresentar em palco «as sonoridades das diferentes regiões do país», segundo a associação dos Amigos da Cortelha, que organiza o evento. A noite volta a terminar com um baile serrano, desta vez animado pelo acordeonista Valter Cabrita.

A entrada em ambas as iniciativas é gratuita.

Comentários

pub
pub