Faro: Plano de Pormenor da Lejana vai ser discutido em sessão pública

O Plano de Pormenor da Lejana vai ser discutido numa sessão pública, marcada para 23 de Maio, às 17h00, no […]

O Plano de Pormenor da Lejana vai ser discutido numa sessão pública, marcada para 23 de Maio, às 17h00, no salão nobre da Câmara Municipal de Faro.

Nesta sessão, serão apresentados os trabalhos desenvolvidos no âmbito deste plano, no seguimento da abertura do período de discussão pública, que teve início no dia 27 de Abril e termina a 25 de Maio.

Segundo a Câmara de Faro, esta reunião destina-se aos moradores e proprietários da área de intervenção do plano, bem como a «quaisquer outros eventuais públicos interessados».

A Câmara de Faro lembra que aprovou em reunião de executivo, a quarta fase do Plano de Pormenor da Lejana, correspondente à elaboração da sua versão final e respetivo Relatório Ambiental, «após terem sido efetuadas as alterações solicitadas pelas entidades externas representativas dos interesses a ponderar».

O projeto transitou para o período de discussão pública, seguindo-se a sua votação em Assembleia Municipal. Em caso de aprovação, será publicado e entrará em vigor.

A área de intervenção do Plano de Pormenor da Lejana tem cerca de 43 hectares afetos ao perímetro urbano de Faro, sendo limitada a Sul pela Av. Calouste Gulbenkian, a poente pela Estrada Srª da Saúde, a Norte, ainda que incluindo parcialmente, pela urbanização titulada pelo Alvará n.º 1/04 e área envolvente ao futuro traçado da 3ª circular de Faro, e a nascente pela EN2/Estrada do Alportel.

A autarquia explica que esta área «integra, parcial ou totalmente, diversas urbanizações resultantes de operações de loteamento urbano, parcelas desocupadas objeto de pretensões de particulares, a área envolvente ao Depósito de Água, assim como áreas que necessitam de ser requalificadas e reestruturadas».

Com a elaboração deste plano, a Câmara de Faro diz querer «assegurar uma estrutura urbana coerente, equilibrada e sustentável, potenciando um urbanismo que respeite a morfologia do local e, em simultâneo, contribuir para a valorização das entradas da cidade de Faro, promovendo a qualificação/requalificação dos principais eixos viários, designadamente a EN2/Estrada do Alportel e a Estrada da Srª da Saúde, assegurando ainda a concretização da terceira circular de Faro na área de intervenção».

Comentários

pub
pub