Semana Cultural inspirada nos Lugares de Globalização arrancou em Lagos

A Semana Cultural – Lugares de Globalização arranca esta sexta-feira, em Lagos, e prolonga-se até ao dia 24 de Março, […]

A Semana Cultural – Lugares de Globalização arranca esta sexta-feira, em Lagos, e prolonga-se até ao dia 24 de Março, celebrando a história, a cultura e o património, com música, dança, teatro, artes performativas, videomapping, land art, arte urbana, visitas interpretativas, um seminário e jornadas técnicas.

Esta iniciativa vai passar por Lagos, Vila do Bispo, Aljezur, Silves e Monchique, os cinco concelhos do Algarve que integram a candidatura «Lugares da Globalização» a património da UNESCO.

O arranque para esta iniciativa foi dado em Lagos, com um Seminário que debateu Fundamentos, Multiculturalidade, Cooperação e Turismo e que reuniu investigadores, historiadores, gestores culturais e especialistas em património e turismo.

Já a partir das 20h00, haverá videomapping nas muralhas da cidade, com repetições de 30 em 30 minutos, até às 21h30.

Para este sábado, em Vila do Bispo, a partir das 15h00, haverá uma «uma viagem pelos Descobrimentos na Igreja Matriz de Vila do Bispo», a primeira de um conjunto de visitas ao património, que também vão acontecer em Silves, no Museu Municipal de Arqueologia, no dia 21 de Março, e entre 20 e 23 de Março, novamente em Vila do Bispo.

Fortaleza de Sagres

Ainda este sábado, está marcado um concerto do Quarteto Concordis, às 18h30, na Igreja de Santo António e, às 21h00, na Biblioteca Municipal Dr. Júlio Dantas, haverá Contos com Arte, com Joana Espiñal.

No domingo, dia 18, a Semana Cultural chega a Aljezur com a peça de teatro “Rosa dos Ventos”, que será apresentada no Espaço+ às 16h30. À noite, a partir das 20h00, o videomapping vai dar vida ao Castelo de Aljezur.

O teatro também chega a Silves na segunda-feira, com a apresentação de Sítios com História, no Museu Municipal de Arqueologia. À noite, haverá, na Sé de Silves, o concerto e performance audiovisual Sonda-Sons Daqui III.

Na terça-feira, dia 21 de Março, Diogo de Silves vai “acompanhar” uma visita ao património ao Museu Municipal de Arqueologia de Silves.

No mesmo dia, nas Caldas de Monchique, a partir das 21h00, haverá um espetáculo noturno intitulado “InLuz na Floresta Mágica de Monchique”.

O Centro Cultural de Vila do Bispo recebe, no dia 23 de Março, às 21h30 o espetáculo de dança e música “Diáspora”, pela Companhia Amalgama.

A palestra temática Portugal, África e o Mundo – Reflexões em torno da História e Herença Culturais é uma das propostas para o dia 24 de Março, em Vila do Bispo. Esta iniciativa está marcada para as 16h00, no Centro de Interpretação.

No mesmo dia, mas em Lagos, na Praça do Infante, a partir das 16h30, haverá o espetáculo de rua de teatro “O caminho marítimo para a desgraça”.

A Fortaleza de Sagres também vai ser “pintada” pelo videomapping no dia 24 de Março, a partir das 20h00.

Ao longo desta Semana Cultural “Lugares de Globalização”, haverá também exposições, jornadas técnicas, arte urbana, visitas ao património e entradas gratuitas em espaços museológicos. A programação completa pode ser consultada aqui.

A Semana Cultural – Lugares de Globalização resulta de uma parceria constituída pela Vicentina – Associação para o Desenvolvimento do Sudoeste – a Direção Regional de Cultura do Algarve, os municípios de Aljezur, Lagos, Monchique, Silves e Vila do Bispo, a Região de Turismo do Algarve e a Associação LAC – Laboratório de Atividades Criativas.

Comentários

pub
pub