Universidade do Algarve voltou a ser dos alunos do ensino secundário e básico por um dia [fotogaleria]

Vieram em grande número e até obrigaram, num dos casos, à circulação de um comboio especial entre Olhão e Faro. […]

Vieram em grande número e até obrigaram, num dos casos, à circulação de um comboio especial entre Olhão e Faro. Alunos de Escolas Secundárias, mas também do 3º ciclo do Ensino Básico, fizeram da Universidade do Algarve a sua casa por um dia, em nova edição do Dia Aberto da instituição, que teve lugar ontem, 22 de Fevereiro.

Este é um momento de abertura da universidade algarvia ao exterior, nomeadamente a potenciais futuros alunos, mas também a docentes doutros níveis de ensino, para mostrar aquilo que faz e tem para oferecer.

Os visitantes, que ficaram a conhecer o trabalho que se faz em vários laboratórios da UAlg, assistiram ao voo de um drone, participaram em atividades desportivas e puderam conhecer os campi da universidade.

«Houve algumas atividades novas, mas a espinha dorsal é a mesma, ainda que tentemos introduzir sempre algumas novidades. Até porque há algumas que têm sempre muito sucesso e, como se costuma dizer, em equipa que ganha não se mexe», ilustrou André Botelheiro, coordenador do Gabinete de Comunicação da UAlg.

O Dia Aberto da UAlg serve, acima de tudo, para mostrar aos alunos que visitam a instituição que esta é uma boa opção para prosseguir os seus estudos. Daí que os números contem, o que leva André Botelheiro a considerar que a edição deste ano foi «um sucesso».

«Contámos com mais alunos e professores, a maioria de Escolas Secundárias, mas também do 3º ciclo do Ensino Básico. Ultrapassámos os 2300 participantes, o que é um crescimento elevado em relação ao ano passado», disse.

Para isso, contribuiu «uma adesão quase total» das escolas algarvias, mas também «de mais escolas do Baixo e do Alto Alentejo». Ao todo, estiveram presentes estabelecimentos de ensino de 33 agrupamentos e cerca de 200 grupos de estudantes.

«A escola mais distante foi a de Montemor-o-Novo, mas houve alunos que vieram de Lisboa com os pais», referiu o coordenador do Gabinete de Comunicação da UAlg.

A forte adesão obrigou mesmo a CP «a criar um comboio especial, esta manhã, para trazer mais de 200 alunos que vieram de Olhão».

A Linha do Algarve esteve, de resto, «lotada», com os alunos que rumaram a Faro, para visitar a Universidade do Algarve.

«Ao longo do dia, tivemos sete autocarros a circular entre a Estação de Caminhos de Ferro de Faro e os diferentes campi», segundo André Botelheiro.

Acolher tanta gente e organizar uma iniciativa desta envergadura foi trabalho para uma equipa de cerca de 600 pessoas, «entre alunos, professores e funcionários da UAlg».

 

Fotos: Fabiana Saboya|Sul Informação

Comentários

pub
pub