Internamento de Pediatria do Hospital de Faro tem «cara nova e “lavadinha”»

As crianças que tiverem que passar pelo internamento de pediatria do Hospital de Faro têm agora condições para uma estadia […]

Pediatria faro (3) (Small)As crianças que tiverem que passar pelo internamento de pediatria do Hospital de Faro têm agora condições para uma estadia mais confortável. A requalificação do serviço está concluída e o renovado espaço foi inaugurado esta sexta-feira pelo Secretário de Estado da Saúde Manuel Teixeira. 

As obras, que custaram cerca de 300 mil euros, foram financiadas maioritariamente pelo Programa de Apoio Pediátrico da Fundação EDP e comparticipadas pelo Centro Hospitalar do Algarve (CHA). O internamento de pediatria converteu-se num espaço mais moderno e humano.

«Há uma maior humanização do espaço, com mais conforto, mais segurança e mais higiene. Em termos profissionais, o trabalho faz-se como se fazia, mas agora de forma mais confortável», explicou ao Sul Informação o diretor do serviço José Maio.

Pediatria faro (1) (Small)As principais mudanças foram enumeradas pelo médico: «o ar condicionado fazia falta, é obrigatório no Algarve. Todas as paredes foram pintadas, o chão é novo, as casas de banho são novas, os tetos são novos, tal como as tubagens e canalizações. Esta foi uma obra mais física que dá ao internamento uma cara nova e “lavadinha”. Quem vê agora o espaço não percebe que já estamos aqui desde 1980. É um serviço com 35 anos, mas agora parece que começou a trabalhar há poucos dias», congratulou-se José Maio.

Também a privacidade dos adolescentes está agora mais salvaguardada e desapareceu «o espetáculo das ventoínhas no serviço, muitas vezes compradas pelos pais dos doentes, quando o nosso stock se esgotava».
O presidente do CHA Pedro Nunes também se congratulou com a obra, que dá «outra qualidade, dentro do internamento. A beleza com que o serviço ficou conta muito, alegria conta muito até para os doentes. É diferente para as crianças estarem internadas num sítio moderno, limpo, bonito, bem pintado, com ar condicionado, boas camas e bom equipamento do que estarem internadas num edifício construído em 1979, com a degradação própria dos pavimentos em cortiça, das madeiras nas paredes, com as pinturas obsoletas. É uma vantagem muito significativa».

Por seu lado, o secretário de Estado da saúde assumiu que esta requalificação era «muito necessária. E, agora, está feita. É uma obra boa no meio de muitas obras boas que estão a ser feitas [no CHA]», elogiou.

Manuel Teixeira acrescentou que «o esforço é visível. A imagem que tínhamos, com uma grande quantidade de macas nos corredores desapareceu, trabalhou-se e é visível o resultado».

 

Minuto de silêncio em memória de António de Almeida

inauguracao_homenagem1A sessão introdutória, que decorreu no auditório do Hospital de Faro, teve momentos de emoção. António de Almeida, antigo presidente da Fundação EDP, que faleceu em meados deste mês de agosto, e que iniciou o processo de apoio à requalificação do internamento de pediatria no Hospital de Faro, foi lembrado pelos presentes. Houve um minuto de silêncio e o secretário de Estado leu um voto de pesar em nome do Ministério da Saúde.

Na cerimónia de inauguração marcaram também presença Miguel Coutinho, administrador e diretor executivo da Fundação EDP, Francisco George, Diretor-Geral da Saúde, João Moura Reis presidente da ARS Algarve e Rogério Bacalhau, presidente da Câmara de Faro.

 

Comentários

pub
pub