Tavira marca início do ano letivo com receção aos 300 professores do concelho

A Câmara Municipal de Tavira marca o início do ano letivo, na segunda-feira, dia 5, com uma receção aos cerca […]

A Câmara Municipal de Tavira marca o início do ano letivo, na segunda-feira, dia 5, com uma receção aos cerca de trezentos professores, dos Agrupamentos de Escolas D. Paio Peres Correia e D. Manuel I e Escola Secundária Dr. Jorge Correia, onde serão conhecidos os projetos e as novas políticas de apoio a desenvolver durante o ano escolar, pela voz do executivo municipal.

Segundo a autarquia, tendo com suporte a Divisão de Educação e Juventude, este ano serão implementadas «novas políticas de apoio», que irão abranger a área das refeições escolares.

Assim, a partir do próximo dia 12 de setembro, «todos os alunos terão acesso a refeições confecionadas na hora, por cozinheiras profissionais, proporcionando uma alimentação de qualidade e consentânea com as preocupações para uma saúde perfeita».

Diariamente, a refeição será composta por sopa (creme de legumes/ cenoura/ feijão/ alface), prato (peixe ou carne) e sobremesa (fruta da época).

A refeição para os alunos que tenham escalão A é gratuita, para os que tenham escalão B tem um custo de 0,73 € e, para os restantes alunos, 1,46 €.

Outro apoio tem a ver com a área dos auxílios económicos. No que zi respeito ao kit escolar, a Câmara de Tavira, afirmando-se «sensível às dificuldades que as famílias atravessam», irá assumir a despesa de todos os materiais escolares para os alunos do pré-escolar e 1.º ciclo do ensino básico, oferecendo a cada um deles um Kit com todo o material solicitado pelo respetivo professor, evitando, assim, mais despesas para os encarregados de educação.

Esta é uma medida aplicável a todos os alunos, independentemente do escalão que detenham. Irá abranger 250 alunos do pré-escolar e cerca de 700 do 1.º ciclo do ensino básico.

Quanto aos livros escolares, a autarquia irá oferecer aos alunos, com escalões A e B, do 1.º ciclo do ensino básico, todos os livros e fichas escolares do 1.º, 2.º, 3.º e 4.º ano.

No que diz respeito aos transportes escolares, a Câmara disponibilizará transporte escolar gratuito a todos os alunos integrados na escolaridade obrigatória e que residam a mais de três quilómetros do estabelecimento de ensino.

Aos alunos do 10.º, 11.º e 12.º ano, que utilizem o transporte público EVA e CP, a Câmara Municipal contribui com o pagamento de 50% do passe escolar.

Serão ainda entregues dezanove Bolsas de Estudo a alunos universitários residentes no concelho, durante o mês de setembro, em cerimónia pública, a divulgar oportunamente.

Serão também colocados nos estabelecimentos de ensino do pré-escolar e 1.º ciclo, cerca de sessenta novos computadores, numa ótica de melhoria das condições de aprendizagem e desenvolvimento dos nossos alunos.

Quanto ao Núcleo de apoio psico-educativo, este ano será reforçado com mais um psicólogo, de forma a corresponder às necessidades sentidas, quer pelos alunos, quer pelas próprias famílias.

São estas as medidas e apoios a implementar neste ano letivo, e através dos quais a autarquia «procura o sucesso escolar dos alunos, o bom desempenho dos docentes, e a satisfação das necessidades das famílias», salienta a Câmara de Tavira em nota de imprensa.

Comentários

pub
pub