Quinta do Lago é a primeira praia inclusiva para daltónicos em Loulé

Segunda praia do Algarve, após Albufeira, a receber esta distinção

A Quinta do Lago recebeu a distinção de “Praia Inclusiva para Daltónicos”, sendo a primeira, no concelho de Loulé, a estar apta para pessoas com incapacidade em diferenciar todas ou algumas cores. 

Esta distinção surge no âmbito do programa ColorADD, promovido em Portugal pela ColorADD – Miguel Neiva & Associados.

Entre as ações, foi implementado, na praia da Quinta do Lago, o código como uma boa prática de acessibilidade de segurança balnear nos diversos suportes de informação e comunicação pela cor, designadamente as Bandeiras de Praia (Verde, Amarela e Vermelha), os Ecopontos de Reciclagem de Praia (Verde, Azul, Amarelo e Preto) e os Painéis de Informação de Serviços de Praia.

Na praia da Quinta do Lago, ao lado da Bandeira Azul, Praia Acessível e Qualidade de Ouro, ficará hasteada a Bandeira ColorADD Praia Inclusiva como símbolo do trabalho realizado pelas diferentes entidades em tornar estes espaço acessível e inclusivo para daltónicos.

Depois da Quinta do Lago, o Município de Loulé pretende alargar esta distinção às restantes praias do concelho – Ancão, Garrão Nascente, Garrão Poente, Vale do Lobo, Loulé Velho, Almargem, Forte Novo, Quarteira e Vilamoura.

Em todo o mundo existem 350 milhões de daltónicos, sendo 10% da população masculina e 0,5% da população feminina. Estima-se que 90% já tenha precisado de ajuda para comprar roupa, enquanto que 73% já sentiu exclusão pela escolha da cor e 41% tem dificuldade de integração social.

Atualmente são mais de 150 praias de 12 municípios portugueses que têm a Bandeira ColorADD Praia Acessível hasteada, em mais de 320 km balneares. No Algarve, apenas Albufeira ostenta esta distinção.

Para os responsáveis da Câmara de Loulé, este é apenas o primeiro passo de um projeto que visa dotar a totalidade das zonas balneares desta sinalética.

«É pois o culminar de um trabalho pensado para trazer as melhores condições a todos os que frequentam as praias do nosso Concelho, de forma a que possam desfrutar desses espaços em pleno e com a melhor qualidade, proporcionando, por outro lado, a inclusão social desta franja da população», conclui a autarquia.

Comentários

pub
pub