“Algarvios” perdem tempo para o camisola amarela na chegada à Senhora da Graça

Raúl Alarcón venceu e aumentou distância para os perseguidores

Joni Brandão. Foto de Arquivo

Raúl Alarcón, da W52/FC Porto, venceu esta tarde a penúltima etapa da Volta a Portugal, na chegada ao Alto da Senhora da Graça, em Mondim de Basto, e aumentou a distância na classificação geral para os “algarvios” Joni Brandão (Sporting/Tavira) e Vicente de Mateos (Aviludo/Louletano).

Joni Brandão, que é segundo na geral, foi quarto classificado, a 9 segundos de Alarcón. O ciclista do Sporting-Tavira vai partir para o contrarrelógio individual deste domingo, em Fafe, a 1m01s do camisola amarela.

Já Vicente de Mateos, que venceu a etapa esta sexta-feira, não conseguiu repetir a proeza hoje, terminando a etapa na terceira posição, a 7 segundos do vencedor. De Mateos continua no 3º lugar da classificação geral, agora a 1m48s de Alarcón.

Nos dez primeiros da volta estão ainda mais dois corredores das equipas do Algarve. Frederico Figueiredo, do Sporting-Tavira, está no sexto lugar a 3m01s da liderança e Luís Fernandes, da Aviludo/Louletano, está na nona posição a 5m57s.

Comentários

pub
pub