pub
Imprimir

Teatro aquático, “Jazz nas Adegas” e “Cataplay” animam Algarve em Março

O “Mar Adentro”, mais concertos do Festival Internacional de Música do Algarve (FIMA), o “Jazz nas Adegas” e outro cine-concerto do “Video Lucem” são alguns dos «momentos únicos» que vão acontecer no Algarve, em Março. 

Este mês dá continuidade ao programa “365Algarve”, com novas experiências nas diversas áreas da cultura, abrindo as portas ao teatro, à música, ao cinema e à gastronomia, sem nunca faltarem as visitas que dão vida ao património da região do Algarve.

De 15 a 18 de Março, em Monchique, e de 22 a 25 de Março, em Marmelete, a peça As Noites das Facas Longas – Teatro nas destilarias de medronho levará os participantes à descoberta dos rituais alquímicos da destilação do medronho, ao ritmo de histórias, músicas, bailes e com textos de Afonso Cruz e de Sandro William Junqueira.

A iniciativa surge no âmbito do projeto “Lavrar o Mar”, cuja outra produção, em Março, será a peça de teatro aquático “Mar Adentro”, a realizar-se de 29 de Março a 1 de Abril nas Piscinas Municipais de Aljezur.

Este mês será ainda possível assistir ao Festival T – Festival Internacional de Teatro de Albufeira, que irá decorrer entre 23 e 27 de Março, no Auditório Municipal de Albufeira.

O 33º FIMA arrancou com um concerto inaugural de Elisabete Matos, uma das sopranos portuguesas de maior prestígio internacional e marcará presença na agenda cultural de Março.

O compositor alemão Beethoven está em grande destaque na programação de Março do “365 Algarve”. O concerto para violino “Beethoven!”, com a Orquestra Clássica do Sul dirigida pelo maestro Pedro Meireles, sobe ao palco do Cineteatro de São Brás de Alportel, no dia 16 de Março.

Neste concerto, Pedro Meireles irá desempenhar a dupla função de maestro e solista, na interpretação de duas obras-primas de Beethoven: o Concerto para Violino e a Sétima Sinfonia.

Foto: Martyna Mazurek | Sul Informação

Já o Teatro Municipal de Portimão acolhe o concerto para piano e orquestra op58 nr4 de L. V. Beethoven interpretado pelo solista Artur Pizarro, acompanhado pelo maestro Nikolai Lalov a dirigir a Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras (24 de Março).

O Auditório da Biblioteca Municipal em Castro Marim recebe, por sua vez, a 23 de Março, o concerto do Agrupamento de Música de Câmara da Orquestra Clássica do Sul, um programa que pretende destacar algumas das mais importantes obras camarísticas de Mozart, dando destaque aos instrumentos de sopro.

O “Jazz nas Adegas” conta com duas sessões no mês de Março: a primeira na Quinta do Barranco Longo, em Algoz, com P.L.I.N.T (10 de Março) e a segunda na Quinta da Vinha, em Silves, com Badalo Quarteto (17 de Março).

Nas artes visuais, de 3 de Março a 8 de Abril, estará patente no Museu de Portimão a exposição de pintura “Praia”, de Ana André. Com este trabalho, Ana André leva os visitantes até à praia de Faro, onde a artista passou grandes partes dos Verões da sua infância.

Tendo por ponto de partida uma lenda antiga de São Brás de Alportel, a exposição de fotografia “Tochas”, de Vasco Célio, pode ser visitada na Galeria Municipal daquela cidade, entre 29 de Março e 6 de Maio.

A gastronomia é um dos elementos-chave da identidade cultural do Algarve que o “365 Algarve” não descura. No dia 24 de Março, o Festival AlGharb.Come promove um workshop de culinária na Escola de Hotelaria e Turismo de Vila Real de Santo António.

CataPlay, a peça que faz da experiência culinária um verdadeiro espetáculo, irá mostrar, em duas sessões, como as tradições herdadas das várias civilizações que viveram no Algarve passam de geração em geração através de um conjunto de receitas de cataplana, que provam existir uma especialidade para cada estado de alma.

É possível participar neste espetáculo de degustação de Cataplana Algarvia no dia 25 de Março na Tertúlia Algarvia, em Faro, e nos dias 28 e 29 de Março na Galeria de Arte Praça do Mar, em Quarteira.

Este mês, o “Video Lucem” promove a exibição de Sherlock Jr, de Buster Keaton, musicado ao vivo por Noiserv, e Ring Up The Curtain de Harold Lloyd musicado ao vivo por João Frade, no dia 8 às 21h30 na Igreja Matriz de Ferragudo. A entrada é gratuita.

Depois da edição de 2017 que atraiu milhares de visitantes, a Câmara Municipal de Alcoutim organiza, de 23 a 25 de Março, a segunda edição do Festival do Contrabando – Tráfico de Artes no Guadiana, com um cartaz de eventos culturais que vão desde espetáculos de música, teatro, arte circense, promoção de ofícios tradicionais, entre muitos outros.

Cataplay

Esta é uma oportunidade única para fazer a travessia pedonal do Rio Guadiana, tal como faziam os contrabandistas dos anos 30. Também pode participar na recriação de um mercado da época.

Através de uma série de exercícios teatrais concebidos para um lugar, a partir da história e de histórias desse lugar, Sítios com História pretende envolver o público e transportá-lo para a época de várias personagens emblemáticas de Lagos e Vila do Bispo.

A encenação terá lugar no dia 31 de Março, na Muralha Renascentista da Cerca Nova, em Lagos, onde um Frade celebra a vida religiosa local, enquanto um guia faz as primeiras viagens ultramarinas e um militar lamenta as condições de combate aos inimigos que assaltam a costa.

Por o seu lado, Faro Desvendado continua a marcar presença na programação do “365 Algarve”, com mais uma sessão no dia 27.

A programação completa para o mês de Março pode ser consultada aqui.

Comentários

pub