pub
Imprimir

Câmara de São Brás dá 20% do que recebe do Estado às associações do concelho

A Câmara de São Brás de Alportel vai destinar mais dinheiro para o apoio às associações do concelho, em 2018. Este ano, há 340 mil euros para distribuir por coletividades de diferentes setores, o que corresponde a «cerca de 20% do valor que recebe ao nível das transferências correntes por parte do Orçamento Anual do Estado», segundo a autarquia.

Os protocolos de colaboração entre a autarquia e as associações foram assinados no dia 31 de Janeiro. De uma forma geral, o valor dos apoios crescem 6%, em relação a 2017.

O investimento que será feito visa «aumentar a oferta de atividades ao dispor da população, incrementar a formação cultural e a fruição dos bens culturais, incrementar a formação desportiva e os hábitos de vida saudável, melhorar as infraestruturas do município e potenciar a sua utilização, promover a dinâmica associativa do concelho e promover a integração sociocultural dos indivíduos».

A Associação de Agricultores de São Brás de Alportel, a Associação Cultural Sambrasense, a Associação Cultural e Recreativa Escola de Música Sambrasense, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de São Brás de Alportel, o Bike Clube de São Brás, a Associação para o Desenvolvimento dos Desportos de Duas Rodas em São Brás de Alportel (BLASIUS), a Casa do Benfica de São Brás de Alportel, o Centro de Cultura e Desporto dos Trabalhadores da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia de São Brás de Alportel, o Clube de Artes Marciais de São Brás de Alportel, o Clube de Caça e Pesca, o Grupo Desportivo e Cultural de Machados, a Associação de Defesa e Proteção dos Animais Abandonados “Coração100Dono”, o Rancho Típico Sambrasense, a Santa Casa da Misericórdia – Museu do Traje, a Sociedade Recreativa 1º Janeiro e a União Desportiva e Recreativa Sambrasense, são as associações apoiadas.

Comentários

pub