Projeto ReFood já ajuda quem mais precisa em VRSA

Projeto já tem núcleo de 45 voluntários em VRSA

O projeto ReFood já começou atividade em Vila Real de Santo António. 

O centro de operações e sede está localizado no armazém n.º 3 da Docapesca, em VRSA, funcionando entre as 15h00 e as 22h30.

A primeira reunião “sementeira” da iniciativa teve lugar este domingo e contou com a presença de Hunter Halder, fundador da associação ReFood, e da presidente da Câmara Municipal de VRSA Conceição Cabrita.

A ReFood é uma organização independente, sem fins lucrativos, conduzida por cidadãos voluntários que recolhem a comida que sobra nos restaurantes, supermercados, padarias, cafés, pastelarias, hotéis, entre outros e a distribuem por aqueles que necessitam.

Desta forma, pretende-se reduzir o desperdício alimentar, atenuando a fome e diminuindo a quantidade de resíduos que, de outra forma, acabariam nos aterros sanitários, agravando o problema da gestão dos resíduos nas cidades.

Nesta fase, o projeto conta com uma rede de 18 parceiros/pontos de recolha de alimentos em VRSA, integrando já um núcleo de 45 voluntários que efetuam a recolha dos bens e asseguram a sua distribuição junto das famílias referenciadas.

O núcleo ReFood de VRSA foi fundado em 2017, tendo, ao longo destes dois anos, organizado as condições logísticas para funcionar em pleno e assegurar uma rede de parceiros e voluntários.

Os interessados em colaborar no projeto deverão contactar o núcleo de VRSA através do telefone 964 110 845 (Tânia Marques/Helena Vitória) ou pelo e-mail refoodvrsa@gmail.com.

Comentários

pub
pub