Odemira investe mais de 2,5 milhões de euros na educação

Verba será distribuída por diversas áreas, desde projetos educativos ao transporte e alimentação, entre outros

A Câmara de Odemira prevê investir mais de 2,5 milhões de euros no setor da educação, no ano letivo 2019/20. Esta verba será distribuída por diferentes áreas, nomeadamente transportes escolares, ação social, atividades de apoio à família, refeições, bolsas de estudo, cadernos de exercícios e livros de fichas e projetos de promoção do sucesso escolar.

Segundo a autarquia, 520 mil euros do bolo total serão investidos em ações do projeto de Promoção do Sucesso Escolar, alvo de financiamento através do programa operacional Alentejo 2020/Fundo Social Europeu.

Para os transportes escolares, «através de protolocos com as freguesias e a Rodoviário do Alentejo», estão reservados 778 mil euros e para as refeições escolares há 506 mil euros.

Também há dinheiro para «atividades de apoio à família (362,292 mil euros), protocolos com os cinco Agrupamentos de Escolas para visitas de estudo, material pedagógico e TIC (120 mil euros), atribuição de bolsas de estudo e de mérito (105 mil euros), protocolado com a Escola de Artes do Alentejo Litoral para promoção do ensino articulado de música na Escola Damião de Odemira e na EB 2, 3 de Colos (35 mil euros) e oferta dos cadernos de atividades e livros de fichas para todos os alunos do 1º ciclo do ensino básico (20 mil euros)».

A «Ação Social Escolar (5 mil euros para material escolar), promoção das Ciências Experimentais e Território (30 mil euros), 29 mobilidades para fins de aprendizagem de pessoal docente e não docente ao abrigo do projeto Aprender Juntos com Erasmus + II (51,5 mil euros), desenvolvimento do projeto de educação emocional nos ensino pré-escolar e 1º e 2º ciclo (20 mil euros) e rastreio de daltonismo (3 mil euros)», completam a lista.

A este investimento alia-se o de 3,25 milhões de euros que a Câmara de Odemira está a fazer na construção do novo Centro de Escolar de S. Teotónio (1,7 Milhões) e na ampliação do Centro Escolar do 1º Ciclo de S. Luís (1,48 milhões de euros).

O município odemirense também ofereceu livros de colorir com as mascotes Cegonha, Javali (o “Bolota”) e Lontra (a “Água Mira”), «que são a imagem de algumas das atividades do programa Odemira Território Educativo», pelas crianças dos Jardins de Infância e escolas do 1.º ciclo de todos os Agrupamentos de Escolas do concelho

«Esta é uma oportunidade de fomentar a criatividade e a criação de laços entre estas crianças e as mascotes que já estão presentes em algumas das atividades do seu dia-a-dia. Foi lançado o desafio a estas crianças para darem um nome à recém chegada Cegonha. Esta iniciativa é promovida pelo Município de Odemira e cofinanciada pelo Alentejo 2020, no âmbito do projeto de promoção do Sucesso Escolar», concluiu a Câmara de Odemira.

Comentários

pub
pub