Salvador Sobral e Maria João juntam-se a “Mutrama” de André Santos em Tavira

André Santos, diretor musical deste projeto de recriação da música tradicional madeirense, atuará em Tavira com vários convidados

Salvador Sobral e Maria João são duas das vozes que vão ecoar em Tavira, durante o espetáculo “Mutrama”, um projeto de recriação da música tradicional madeirense com direção musical do guitarrista André Santos que poderá ser visto na sexta-feira, dia 23, na Praça da República, às 22h00.

O músico madeirense, especialista nas guitarras e nos cordofones madeirenses (braguinha, rajão e viola de arame), vai apresentar-se em Tavira com o seu trio – que fica completo com António Quintino (contrabaixo) e Joel Silva (bateria e percussões) -, mas também com muitos convidados.

Além de Salvador Sobral e Maria João, o público também pode contar com as vozes de , Ricardo Ribeiro e Mariana Camacho, o saxofone soprano de Desidério Lázaro e o saxofone tenor de Francisco Andrade. Também marcará presença Graciano Caldeira, também no cordofone madeirense (braguinha).

«”Mutrama” representa uma reconciliação com o passado e, com ele, a devolução de um cancioneiro português quase completamento desconhecido, abafado que esteve pela promessa de cosmopolitismo e pela folclorização», segundo a Câmara de Tavira.

Comentários

pub
pub