Paraquedista algarvio de 19 anos morre em queda no Aeródromo de Portimão

Acidente poderá ter sido motivado por uma falha técnica

Foto|Facebook: Edgar Santos

Um jovem de 19 anos, algarvio, morreu hoje de manhã, cerca das 10h15, no Aeródromo Municipal de Portimão, em Alvor, na sequência de «uma possível falha técnica no equipamento», durante um salto de páraquedas, revelou ao Sul Informação o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro.

Richard Marques, comandante do Corpo de Bombeiros de Portimão, disse ao nosso jornal, por seu lado, que o jovem, que seria residente em Portimão, «embateu no solo com muita violência» e sofreu ferimentos mortais.

«A assistência foi ao segundo, porque nós temos um destacamento a funcionar ao longo de todo o ano no Aeródromo, mas não havia nada a fazer. De tal forma que o médico do INEM, que chegou dez minutos depois, declarou o óbito no local», acrescentou.

Quanto às causas do acidente, Richard Marques diz que ainda irão ser apuradas pela GNR, apesar de, como disse o CDOS, haver a indicação de que possa ter havido uma falha técnica.

Ao todo, estiveram, no local dez operacionais, apoiados por quatro veículos, dos Bombeiros de Portimão, GNR e INEM.

Comentários

pub
pub