Municípios têm de envolver-se mais na cogestão das áreas protegidas

Reunião decorreu nas instalações do ICNF, na Quinta de Marim (Olhão)

Aprofundar o envolvimento dos municípios na valorização dos territórios com áreas protegidas, através de uma cogestão com o Instituto da Conservação da Natureza e Florestas (ICNF). Este foi um dos desafios lançados pela secretária de Estado Célia Ramos numa reunião tida esta terça-feira, 9 de Julho, com autarcas do Algarve e Alentejo. 

A iniciativa, em que participou a secretária de Estado com a pasta do Ordenamento e Conservação da Natureza, decorreu nas instalações do ICNF, na Quinta de Marim (Olhão).

Participaram os municípios que detêm áreas protegidas, cuja jurisdição depende da Direção Regional da Conservação da Natureza e Florestas do Algarve: Castro Marim, Vila Real de Santo António, Tavira, Olhão, Faro, Loulé, Vila do Bispo, Aljezur, Odemira e Sines.

Neste território há, de resto, dois Parques Naturais (Ria Formosa/Costa Vicentina e Sudoeste Alentejano), a Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António e duas Paisagens Protegidas Locais (Rocha da Pena e Fonte Benémola).

Nesta iniciativa também foram debatidos assuntos como Planos de Ordenamento do Território e sua gestão.

Comentários

pub
pub