Algarve Jazz Gourmet “serve” artistas aclamados em Lagos

Benny Goldson, Peter Cincotti e Ed Motta vão estar em Lagos

Benny Golson

O Festival Algarve Jazz Gourmet Moments vai ter a sua 3º edição entre os dias 24 e 26 de Maio e levará ao Centro Cultural de Lagos grandes nomes da cena internacional deste estilo musical.

Benny Goldson, Peter Cincotti e Ed Motta são os artistas que estarão neste evento “365Algarve”, organizado pela Orquestra de Jazz do Algarve (OJA) e com direção artística de Hugo Alves. Quem quiser pode garantir, desde já, o seu lugar numa das três noite de concertos.

Para lançar o evento, no dia 24 de Maio, a Orquestra de Jazz do Algarve preparou «um espetáculo único, propositadamente concebido para este festival». Ao palco, vai subir o saxofonista americano Benny Golson «que, aos 90 anos, é uma verdadeira lenda do jazz – um venerável tenor, um contador de histórias nato e um dos principais compositores de jazz do mundo, que sempre permaneceu à frente do seu tempo», segundo a OJA.

Benny Golson escreveu mais de 300 composições, incluindo as icónicas “Whisper Not” e “I Remember Clifford”, e tocou «com a nata do jazz», juntando-se a músicos tais como Dizzy Gillespie e Art Blakey marcando o jazz através de gerações. Esta será a sua primeira atuação com a Orquestra de Jazz do Algarve.

 

 

Será acompanhado no piano e na voz pela candidata a Grammy Dena DeRose, «que é considerada uma das melhores pianistas de jazz do mundo da sua geração» e é «a autora de 10 aclamados álbuns de originais».

No segundo dia de festival, 25 de Maio, será apresentado um concerto exclusivo do nova-iorquino Peter Cincotti.

«”Long Way from Home” é o título do seu último álbum e que passa pela primeira vez no Algarve. Um verdadeiro caleidoscópio de humores e cores, que reúne pop, rock, blues, hip hop, funk e jazz, e onde todos estes estilos são magistralmente ligados pelo inconfundível som do seu piano», descrevem os organizadores do evento.

 

 

Peter Cincotti é um consagrado artista que já se apresentou em algumas das mais prestigiadas salas do mundo, desde o Carnegie Hall ao Olímpia de Paris, tendo ainda colaborado com artistas como Andrea Bocelli e David Guetta e «participado em filmes de grande sucesso, como é o caso de Spiderman 2».

«Também na moda Peter dá cartas e representou as marcas Ermenegildo Zegna e Tod’s e, recentemente, apareceu, como ele mesmo, na terceira temporada da série Netflix House Of Cards cantando um dueto com o presidente na série, interpretado por Kevin Spacey», segundo a OJA.

No dia 26, um domingo, o festival fecha «com chave de ouro», com um concerto do «aclamado músico brasileiro Ed Motta, considerado um músico de culto, inesgotável compositor, um incansável descobridor de formas, um criador que não reconhece nenhum limite».

 

Foto: Stefano Martini

 

Sobrinho do famoso cantor e compositor Brasileiro Tim Maia, «a sua música está enraizada nos estilos Funk / Soul e Disco, mas movendo-se no Jazz, bossa nova e reggae».

«Produzido e gravado no Rio de Janeiro, o 13º álbum de estúdio de Ed, “Criterion of the Senses”, continua a mostrar suas várias influências. Cheio de amplas misturas, Ed continua a ser o pioneiro em seu próprio caminho, mantendo seu domínio de estilo, meticulosa habilidade e curadoria. Ed chega-nos assim, na sua primeira vez no Algarve, num concerto exclusivo que integra a sua exclusiva digressão europeia», segundo a OJA.

Os bilhetes para cada um dos concertos custa 12 euros e já podem ser adquiridos online.

Já a componente ligada à gastronomia gourmet deste festival, só será divulgada mais tarde.

Comentários

pub
pub