Necessidade de ter mais sócios é ideia comum às duas listas candidatas à ALFA

Sócios da ALFA vão eleger os corpos sociais para o triénio 2019-2021

A ALFA – Associação Livre de Fotógrafos do Algarve vai a eleições no próximo dia 18 de Janeiro, com duas listas concorrentes que concordam numa mesma ideia: é preciso atrair mais sócios. E levá-los a participar nas atividades e a pagar as quotas.

Da parte da lista A, cujo lema é «Revelamos o teu lado fotográfico», o candidato a presidente da ALFA é Carlos Cruz, atual vice-presidente. Já na lista B é Carla Brazão Mendes a escolhida para presidente da associação, em caso de vitória.

Ao Sul Informação, Carlos Cruz revelou que esta é «a segunda vez que avança para a liderança da ALFA», da qual já foi presidente.

«Quero consolidar a imagem e a reputação da associação a nível regional. Um dos objetivos é também, com toda a certeza, termos mais sócios e atrair jovens. Sabemos como hoje a fotografia está democratizada, com os smartphones, mas queremos mostrar que há espaço também para os mais novos», acrescentou.

Também ouvida pelo Sul Informação, Carla Brazão Mendes concordou com esta ideia. «Um dos principais objetivos é voltar a chamar os sócios à ALFA. Temos 706 sócios, mas só 92 com a situação regularizada, com as quotas pagas. Queremos contactar todos, saber o seu perfil, as suas motivações e as ideias para o que gostariam que a associação fizesse e não está a fazer», explicou.

 

Carlos Cruz

Aliás, um dos pontos do plano de atividades da Lista B é, inclusive, propor a criação de um sócio júnior, filho de um associado da ALFA, ficando isento de pagamento de quota até aos 14 anos.

Mas nem só destas questões relacionadas com os sócios se fazem os programas das duas listas. Na A, que apresenta Vítor Azevedo como candidato a presidente da Mesa da Assembleia Geral, uma das propostas é estabelecer parcerias tanto com artistas emergentes, como com reputados fotógrafos profissionais, como João Mariano (1000olhos) e Vasco Célio (Stils) para participarem nas atividades da ALFA.

O objetivo também é promover exposições e outras iniciativas pelo Algarve e, inclusive, dar um contributo para a possibilidade de Faro ser Capital Europeia da Cultura. «Fala-se disso e é altura de arregaçar as mangas e trabalhar em equipa, seja com outras associações, seja com outros players ligados com a fotografia e imagem», disse Carlos Cruz ao nosso jornal.

Da parte da lista B, que tem João Nuno Neves como candidato a presidente da Mesa da Assembleia Geral, algumas das propostas que saltam à vista prendem-se com a criação de um rally fotográfico, em Faro e noutros concelhos, e a implementação de um concurso e mostra fotográfica chamada “Algarve Photo Award”, com várias categorias como fotojornalismo e lifestyle.

A lista A tem uma ideia parecida, mas com outro nome: o “Algarve Photo Summit” que seria um evento de dois dias com atividades ligadas à fotografia, como workshops e exposições.

Já na lista B, outra das propostas é a compra de uma impressora fotográfica A3 para impressão a preços exclusivos para sócios, além da promoção de encontros de confraternização entre sócios e não só, em passeios fotográficos.

Mas e o que é que fez Carlos Cruz e Carla Brazão Mendes concorrerem à liderança da ALFA? Ora, ambos afirmam que avançaram para não deixar cair a associação, porque houve uma primeira convocatória para apresentação de listas que ficou deserta.

Carla Brazão Mendes

Como explicou a candidata Carla Brazão Mendes, quando a sua lista foi apresentada, a 12 de Dezembro, «ainda nem sabia que haveria outra», rejeitando uma ideia de oposição.

O facto de haver duas listas é, no entender de Carlos Cruz, uma boa notícia. «É bom para a ALFA haver novos interessados, com novas ideias e novos projetos. A associação só tem a ganhar em haver duas listas. Ainda mais interessante seria se houvesse três ou quatro», considerou.

Já Carla Brazão Mendes, que nem tinha a «intenção inicial de se candidatar», garante que, se ganhar, terá, a trabalhar com ela, «pessoas próximas, com know-how para que todos nos possamos ajudar em todas as funções».

Agora, a bola está do lado dos sócios da ALFA, que vão eleger os corpos sociais para o triénio 2019-2021.

 

LISTA A

Assembleia Geral
Presidente: Vítor Azevedo, sócio n.º 43, reformado, fotógrafo de natureza;
Vice-presidente: Joaquim Pedro Santos, sócio nº 96, engenheiro civil;
Secretário: Mauro Rodrigues, sócio n.º 67, gestor TIC, youtuber;
Suplente: Saúl Jorge Lopes, sócio nº 442, médico pediatra;

Direção
Presidente: Carlos Cruz, sócio n.º 31, gestor de eventos, profissional de comunicação;
Vice-presidente: Vico Reis Ughetto, sócio nº 642, licenciado em marketing, profissional de vídeo e fotografia;
Tesoureiro: Raúl Coelho, sócio n.º 40, licenciado em ciências da comunicação, técnico de back office;
Secretário: Rosária Neves Pacheco, sócio n.º 676, licenciada em história, docente;
Vogal: Sérgio Inácio , funcionário público;
Suplente: Duarte Nuno Baltazar, sócio n.º 64, jornalista

Conselho Fiscal
Presidente: Dina Pereira, sócia nº 616, funcionária pública;
Vice-presidente: Elsa Santos Nascimento, sócia nº 631, técnica oficial de contas, fotógrafa de viagens;
Secretário: José Simões, sócio n.º 55, empresário da construção, obras e remodelações;

LISTA B

Assembleia Geral:
Presidente: João Nuno Neves, sócio nº 88
Vice-Presidente: Rui Correia, sócio nº 181
Secretário: Tiago Vieira, sócio nº 70

Direção
Presidente: Carla Brazão Mendes, sócia nº 267
Vice-Presidente: Aníbal Tiago Vieira, sócio nº 14
Secretário: Conceição Agostinho, sócia nº 304
Tesoureiro: Rui Pinto, sócio nº 69
Vogal 1: Domingos Samuel, sócio nº 225
Vogal 2: João Pelica, sócio nº 41
Vogal 3: Bruno Carlos, sócio nº 354
Vogal 4: Maia Coimbra, sócio nº 11
Suplente 1: Ana Gonzales, sócia nº 158
Suplente 2: João Pires, sócio nº 107

Conselho Fiscal
Presidente: Vítor Dias, sócio nº 199
Vice-Presidente: César Neves, sócio nº 341
Secretário: Graciana Vieira, sócia nº 439

Comentários

pub
pub