Assembleia de Freguesia do Azinhal aprova moções sobre dois «problemas sérios»

A Assembleia de Freguesia do Azinhal (Castro Marim) aprovou, por unanimidade, na reunião de 14 de Dezembro, duas moções de […]

A Assembleia de Freguesia do Azinhal (Castro Marim) aprovou, por unanimidade, na reunião de 14 de Dezembro, duas moções de recomendação conjuntas do PS e Movimento Independente Castro Marim (CM1) sobre a reparação da Estrada Municipal de Almada D’Ouro e a existência de esgotos a céu aberto no Azinhal. 

As moções agora aprovadas foram enviadas ao presidente da Assembleia Municipal de Castro Marim, que as deverá dirigir ao presidente da Câmara, «tendo em vista a resolução urgente de dois problemas sérios, que afetam gravemente a saúde e a segurança das populações da sede de Freguesia e da localidade de Almada D’Ouro», diz a Assembleia de Freguesia.

Quanto à estrada municipal, a moção pede que se encontre «uma solução».

«A Estrada Municipal que liga a Nacional 122 e a Aldeia de Almada de Ouro sofreu, em finais de 2009, uma derrocada que deixou a circulação condicionada a uma única faixa de rodagem tornando-se um perigo para quem lá passa, sendo eminente nova derrocada que poderá trazer consequências muito mais gravosas».

«Nesta Estrada Municipal circulam diariamente transportes públicos de passageiros e várias viaturas que acedem à aldeia de Almada de Ouro», acrescenta.

Em relação aos esgotos, a moção pede uma «solução para a Estação de Tratamentos do Azinhal».

«O saneamento básico deveria ser um direito de todos e uma prioridade para o executivo camarário, tanto mais que a elevada taxa de saneamento paga pelos munícipes engloba recolha e tratamento. Ou seja, paga-se por um serviço que não existe, o tratamento, pois diariamente os esgotos são lançados sem qualquer tratamento para o ribeiro inquinando as águas à sua passagem», conclui a moção.

Comentários

pub
pub