O tornado que quase voltou a acontecer em Lagoa [fotos e vídeo]

O final de tarde tempestuoso, ontem, em Lagoa, levou à formação de uma «funnel cloud» a Sul do concelho, no […]

A “funnel cloud” em formação, ao meio da imagem, à esquerda dos postes

O final de tarde tempestuoso, ontem, em Lagoa, levou à formação de uma «funnel cloud» a Sul do concelho, no mar. Esta nuvem em forma de funil, «que durou cerca de 10 segundos», «nunca tocou o chão». Se o tivesse feito, segundo o meteorologista amador Bruno Gonçalves, que registou o fenómeno em fotografia e vídeo, teria dado a um tornado.

Bruno Gonçalves, responsável pelos sites Meteofontes e ExtremAtmosfera e um dos fundadores da associação Troposfera, explicou que a tempestade, com vento, granizo, chuva, trovoada, e, pelos vistos, até um “quase” tornado, que atingiu a zona de Lagoa e um pouco de todo o Barlavento pelas 17h30 de ontem, se deveu a «uma célula convectiva bem ativa, a evoluir desde Sagres» (ver imagem da meteorologia).

Tendo em conta que os membros da associação Troposfera, da qual é fundador o engenheiro de ambiente Bruno Gonçalves, foram à “tornado alley”, nos EUA, em 2015, em busca de tornados, sem conseguir apanhar nenhum, não deixava de ser interessante que tivesse sido em Lagoa que o meteorologista amador conseguisse as suas primeiras filmagens ao vivo de um fenómeno desses… Mas ainda bem que tal não aconteceu. É que os lagoenses (e os silvenses) já conhecem as consequências de um tornado.

 

Veja o vídeo da tempestade de ontem ao fim da tarde:

 

E mais fotos:

 

 

Nota: Todas as fotos e o vídeo são da autoria de Bruno Gonçalves/ExtremAtmosfera

 

 

Comentários

pub
pub