Primeira verba das obras em Quarteira e Salir do Orçamento Participativo foi entregue

As obras mais votadas do Orçamento Participativo (OP) de Loulé de 2016, nas freguesias de Quarteira e Salir, já receberam […]

As obras mais votadas do Orçamento Participativo (OP) de Loulé de 2016, nas freguesias de Quarteira e Salir, já receberam a primeira tranche dos investimentos, que corresponde a 50% do total das empreitadas, de acordo com a Carta de Compromisso assinada por Vítor Aleixo, presidente da Câmara de Loulé, e por Teresa Santana, do Colégio Origami, e Filipe de Jesus, da Associação dos Amigos da Cortelha.

Em Quarteira, a remodelação do espaço exterior e casas de banho do Colégio Origami será a intervenção prevista. Este projeto reuniu 298 votos, tendo sido o grande vencedor desta terceira edição do OP nesta freguesia. A autarquia irá financiar, desta forma, a totalidade da obra orçamentada em 75.214 euros.

Já em Salir, a localidade da Cortelha conseguiu, mais uma vez, apresentar o projeto que reuniu o maior número de votos em todo o concelho. No total, foram 962 os votos na proposta de requalificação do piso, laterais e iluminação do Polidesportivo da Cortelha. A obra terá um investimento total de 78.990 euros.

Apesar da Câmara de Loulé ser a entidade responsável pelo financiamento das empreitadas, a gestão destas ficará a cargo das respetivas instituições.

«Uma vez que são projetos de investimento decorrentes do Orçamento Participativo 2016, após a execução das obras, as instituições comprometem-se a disponibilizar e facilitar o acesso aos espaços intervencionados com vista ao seu uso por parte das populações e comunidade em geral, sem prejuízo de um eventual conjunto de regras elementares definidas pelas instituições de modo a agilizar a utilização das infraestruturas», refere a autarquia louletana.

A conclusão dos trabalhos de ambos os projetos deve ocorrer durante o segundo semestre deste ano.

Comentários

pub
pub