Algarve estreia-se no Salon du Golf Paris

Um stand, de 40 metros quadrados, «estrategicamente localizado» em que estará representada a Associação Turismo do Algarve (ATA) e algumas […]

Um stand, de 40 metros quadrados, «estrategicamente localizado» em que estará representada a Associação Turismo do Algarve (ATA) e algumas empresas, vai marcar a estreia da região no Salon du Golf Paris, que decorre de 11 a 13 de Março.

O objetivo é «promover o Algarve» como «um destino de excelência» para a prática deste desporto.

Algumas das empresas a participar são, por exemplo, o Pestana Golf Resorts, a Nau Hotels & Resorts, o Tivoli Hotels (Minor) e a Quinta do Lago Golf.

No entender da ATA, «esta será uma oportunidade estratégica para promover e posicionar o Algarve como um destino de excelência para a prática de golfe junto do mercado francês, que tem vindo a revelar uma procura crescente pela região».

De acordo com os últimos dados disponíveis no que diz respeito ao turismo nacional, o Algarve surge como o segundo destino a recolher a preferência dos franceses, tendo em 2016 sido registado um aumento de 41% no número de dormidas dos turistas desta nacionalidade na região em comparação ao ano anterior (alcançando-se um número próximo das 900 mil dormidas).

Em 2016 foram registadas na região cerca de 1,3 milhões de voltas de golfe, o que correspondeu a um aumento de 10,5% em relação ao ano anterior.

O golfe é, também, uma modalidade que regista um significativo número de adeptos em França, onde conta com cerca de 407 mil praticantes federados. A contribuir para este interesse crescente está o facto da França ser o país anfitrião da Ryder Cup 2018, competição de golfe que, de dois em dois anos, coloca frente a frente as seleções da Europa e dos Estados Unidos da América.

«Contamos neste momento com cerca de 40 campos de golfe, dispersos pela região e com diferentes características, aos quais podemos juntar outros argumentos como a qualidade das nossas infraestruturas hoteleiras e dos nossos serviços e o bom clima que permite a prática desta modalidade ao longo de todo o ano», diz Dora Coelho, diretora executiva da ATA.

«Paralelamente temos ainda uma oferta rica e diversificada, composta por outros produtos, que fazem do Algarve um destino apetecível não só para os golfistas mas também para quem os acompanha nas suas viagens», conclui.

Comentários

pub
pub