Rotary de Faro atribui distinção «Profissional do Ano» a José Candeias Neto

O Rotary Club de Faro atribuiu o galardão de «Profissional do Ano» a José Candeias Neto, atual provedor da Santa […]

O Rotary Club de Faro atribuiu o galardão de «Profissional do Ano» a José Candeias Neto, atual provedor da Santa Casa da Misericórdia de Faro, cargo que desempenha com «especial carinho e empenho» há mais de 35 anos, por «reconhecer a excelente e marcante obra executada no âmbito social em Faro».

A cerimónia de atribuição da distinção de “Profissional do Ano” terá lugar no próximo dia 24, pelas 20h00, no Hotel EVA, durante o jantar festivo.

Tal como é apanágio de todos os Clubes Rotários, o Rotary de Faro atribui anualmente o galardão denominado “Profissional do Ano” ao cidadão, conhecido na comunidade farense, que se distinga por «promover e aderir aos mais altos padrões de ética na sua ocupação profissional e pelos relevantes serviços prestados à comunidade farense, no campo da solidariedade e pelo seu testemunho do ideal de servir, que é a missão de Rotary».

Candeias Neto chegou a cursar Sociologia e a sua vida profissional sempre esteve ligada ao apoio social, trabalhando vários anos no Ministério do Trabalho e no Serviço Nacional de Emprego.

Em 1979, por nomeação ministerial desempenhou o cargo de vogal da Comissão Instaladora do Centro Regional da Segurança Social em Faro, no qual participou, organizou e colaborou em diversificadas e múltiplas ações no âmbito social.

Em 1986, por Despacho do Diretor Geral do Departamento do Fundo Social Europeu, foi nomeado coordenador regional do Algarve, e, em 1991, foi nomeado diretor do Centro de Emprego de Faro, onde desempenhou funções até à reforma.

Em complemento ao seu vasto curriculum profissional, Candeias Neto foi eleito, em 1988, vogal da União das Misericórdias Portuguesas ,em 1980, foi eleito presidente do Secretariado Regional da União das Misericórdias Portuguesas, cargo que desempenhou até 2013.

Em 1990, fundou a Escola Profissional D. Francisco Gomes do Avelar, da Santa Casa da Misericórdia de Faro, exercendo o cargo de diretor desde a data da fundação até à presente data.

Atualmente, exerce ainda as funções de vice-presidente da Assembleia da Santa Casa da Misericórdia de Moncarapacho.

Comentários

pub
pub