pub
Imprimir

ARS reforça serviços para evitar repetição do «caos nas urgências do Hospital de Faro»

Sala Tratamentos Urgência Hospital de FaroA Administração Regional de Saúde do Algarve já deu «orientações ao Centro Hospitalar do Algarve para proceder ao reforço das equipas de profissionais nos serviços de urgência da unidade hospitalar de Faro», para dar resposta aos elevados tempos de espera que verificaram ontem, dia de Natal, revelou este instituto público.

Segundo a estação televisiva SIC, viveram-se momentos de «caos nas urgências de Faro», na madrugada desta sexta-feira, que obrigaram a que a PSP se deslocasse ao local.

Segundo testemunhas, terá havido pessoas que «ficaram horas à espera, sem que os médicos das urgências atendessem os utentes».

Ao saber da situação, o Conselho Diretivo da ARS do Algarve deu instruções para que se procedesse a um reforço, «para fazer face à procura e eventual acréscimo de afluência de utentes aos seus serviços e, deste modo, responder de forma atempada a este fluxo em cumprimento com os limites de tempo de espera do Sistema de Triagem de Manchester das urgências hospitalares».

A ARS acrescenta que o Centro Hospitalar do Algarve, que integra as unidades hospitalares de Faro, de Portimão, de Lagos e os Serviços de Urgência Básicos de Albufeira, Loulé e Vila Real de Santo António, «encontra-se a monitorizar a afluência às respetivos serviços e unidades de urgência, de modo a assegurar que todas as unidades de saúde estejam preparadas para, em caso de necessidade, responder de forma articulada a um aumento de afluência de utentes aos seus serviços nos próximos dias».

Comentários

pub
pub

Em foco

pub
pub