Já abriu a OPTO, a feira que «vende ideias» para o futuro dos jovens

Até ao fim da manhã de sexta-feira, dezenas de ofertas para o futuro dão-se a conhecer em Albufeira

Universidades, públicas e privadas, politécnicos, escolas profissionais, centros de formação, empresas, escolas de vários graus de ensino, associações, forças de autoridade e organismos públicos. Durante três dias, a partir de hoje e até 10 de Maio, o OPTO – VII Fórum de Educação e Formação do Algarve está de regresso ao Pavilhão Desportivo de Albufeira.

Esta é, como disse ao Sul Informação o presidente da Câmara de Albufeira, entidade que organiza o OPTO, uma «feira que vende ideias, ou seja, a possibilidade de um dia, daqui a dois ou três anos, os jovens que aqui vêm poderem ingressar no curso superior que mais lhes agrade».

Mas, acrescenta José Carlos Rolo, que até já foi professor e diretor de uma escola, «não são só os cursos superiores, nós temos aqui cursos profissionais, outras possibilidades de entrar já na vida ativa, como a Escola Naval, a Guarda Nacional Republicana, a PSP, a Proteção Civil, toda uma série de entidades que também são elas próprias um modo de vida. Não podemos pensar que só vamos ter engenheiros e doutores. Há que ter pessoas com cursos intermédios, por isso é extremamente interessante ver aqui muitas escolas que têm cursos mais práticos, profissionalizantes, de doçaria, de cozinha, técnicos, de fotografia, de beleza».

O autarca de Albufeira, nas suas declarações ao Sul Informação, sublinhou que «as universidade estão aqui muito representadas, já que o papel delas também é estar a mostrar-se, para atrair alunos. As universidades estatais também se financiam à custa do número de alunos que têm, enquanto nas universidades privadas ainda mais forte é esse objetivo».

É que, frisou José Carlos Rolo, «há que mostrar a oferta, para os jovens poderem escolher. No meu tempo, não tínhamos grande possibilidade de escolha».

Por seu lado, Alexandre Lima, delegado regional da Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE), disse ao nosso jornal que «esta é a feira com maior historial de todas as que se fazem no Algarve. A Câmara de Albufeira tem feito um grande investimento nesta mostra e nota-se que é uma aposta ganha pelo número de jovens que aqui vêm, para contactar com outras experiências, outras realidades, cursos que muitas vezes não conhecem. É uma oportunidade única para tentarem fazer uma seleção sobre aquilo que será o seu caminho, o seu percurso futuro, em termos de formação e de estudos».

O OPTO, que este ano tem mais de seis dezenas de expositores, apresenta pelo menos duas novidades – a primeira presença da Universidade da Madeira e do Swiss Education Group, organismo suíço que junta algumas das melhores escolas de hotelaria da Europa.

Rubina Ferreira, da Universidade da Madeira, sublinhou a existência de cursos nesta instituição que podem interessar aos alunos algarvios, nomeadamente em Direção e Gestão Hoteleira, Línguas e Relações Empresariais, ou o Ciclo Básico do Mestrado Integrado de Medicina.

E aquela universidade tem uma vantagem em relação a outras, no Continente: é que «o Campus tem muito boas condições, com uma residência com capacidade para alojar alunos deslocados». Além disso, quem for estudante na Madeira tem grandes descontos nas viagens de avião e outras vantagens.

Por outro lado, acrescentou a professora Rita Fernandes, «a Universidade da Madeira oferece também mestrados, havendo hoje a possibilidade de fazer a licenciatura num local e depois o mestrado noutro, o que enriquece a experiência».

Do programa do OPTO, constam workshops, conferências, apresentação de experiências, demonstrações culinárias, demonstrações dos cães pisteiros da GNR, entrevistas no âmbito de projetos de mobilidade e um leque variado de propostas de animação no interior e exterior do recinto. Em todos os locais há coisas para experimentar, ver, degustar e ouvir.

No dia 9 (quinta-feira), das 16h10 às 16h45, está prevista a entrega de prémios do Concurso de Fotografia do Festival T.

Integrado no programa de animação há, ainda, a destacar, a realização da Exposição de Fotografias incluída na Campanha #DestaVezEuVoto, no âmbito das Eleições Europeias de 2019, dinamizada pelo Centro de Informação Europe Direct do Algarve.

Também se vai realizar uma sessão informativa sobre o Plano Nacional de Ética no Desporto, promovida pela Direção Regional do IPDJ, sendo que esta última iniciativa irá ter lugar no dia 10, entre as 10h00 e as 11h30, na Biblioteca Municipal Lídia Jorge.

As escolas que pretendam inscrever-se podem ainda fazê-lo, devendo entrar em contacto com o e-mail age@cm-albufeira.pt.

Nos dias 8 e 9 (quinta-feira e sexta-feira), o certame está aberto ao público das 9h30 às 17h30. No dia 10, último dia do evento, as portas abrem às 9h30 e encerram às 13h00.

À semelhança das edições anteriores, recomenda-se que os interessados em viagens regionais de comboio contactem a Direção Geral de Produção de Negócio da CP, pelo telefone 919 273 772 ou ainda pelo gruposlc-rg@cp.pt, mencionando que se dirigem ao VII OPTO, para procurar obter preços especiais.

Desde a estação ferroviária de Ferreiras e dentro da cidade de Albufeira, poderá ser garantido transporte gratuito nos autocarros urbanos GIRO, sendo para tal necessário solicitar os respetivos passes à organização.

O OPTO resulta de uma coorganização do Município de Albufeira com a DGEstE – Direção de Serviços da Região Algarve da Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares e o IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional, com a colaboração dos Agrupamentos Escolares do concelho.

 

Fotos: Elisabete Rodrigues | Sul Informação

Comentários

pub
pub