Célia Brito é candidata do PS às eleições antecipadas de Castro Marim

Decisão tomada por unanimidade pela Comissão Política Concelhia do PS de Castro Marim

Célia Brito é a candidata do Partido Socialista às Eleições Autárquicas antecipadas, em Castro Marim, que ainda não têm data marcada. 

A decisão foi tomada pela Comissão Política Concelhia do PS de Castro Marim, no passado dia 4 de Março, por unanimidade.

Célia Brito era vereadora do anterior executivo e foi também cabeça-de-lista nas Autárquicas anteriores. O PS diz agora que esta recandidatura tem como prioridades «voltar a colocar Castro Marim no caminho da verdade, honestidade, legalidade e boa gestão».

Nas eleições de 2017, Francisco Amaral foi reeleito presidente da Câmara de Castro Marim, mas perdeu a maioria de que gozou no mandato anterior. O PSD ganhou as eleições, mas só conseguiu eleger dois elementos – o presidente Francisco Amaral e a vice-presidente Filomena Sintra.

O PS elegeu outros tantos vereadores e o quinto lugar no executivo foi garantido por José Estevens, antigo presidente da Câmara pelos social-democratas, que desta vez se propôs a eleições apoiado pelo movimento Castro Marim Primeiro, que contava com outros elementos que se desvincularam do PSD.

Uma conjuntura que se revelou muito difícil de gerir, logo desde o início do mandato, com o executivo PSD a ver a oposição a inviabilizar muitas das medidas que propunha.

Por isto, Francisco Amaral, bem como Filomena Sintra, optaram por renunciar ao mandato, tendo cessado funções, por agora, no passado dia 21 de Fevereiro.

A decisão de quando serão as novas eleições caberá a Carlos Miguel, secretário de Estado das Autarquias Locais, que tem essa responsabilidade.

Comentários

pub
pub