Música ajuda a recriar poemas de Al-Mu’tamid e Ibn Ammar no Castelo de Paderne

Projeto está integrado no DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos – programa cultural da Direção Regional de Cultura do Algarve

Recriar poemas de Al-Mu’tamid ou Ibn Ammar, numa linguagem moderna e combinando as percussões árabes com o acordeão. Esta é a proposta do projeto “Património… Um Pass(ad)o para o Futuro” a realizar-se no próximo sábado, 6 de Outubro, às 16h00, no Castelo de Paderne (Albufeira). 

Segundo a Direção Regional de Cultura do Algarve, a iniciativa consiste «numa recriação/adaptação de poemas de Al-Mu’tamid, Ibn Ammar, Ibn Sâra e outros, mas numa linguagem e construção linguística moderna, acessível à atual convivência e diálogos do mundo contemporâneo. A apresentação destes textos poéticos do período islâmico será pontuada por apresentações musicais combinando as percussões árabes com o acordeão que, em sintonia, fazem uso de temas da época para os desarrumar e adaptar com formas e conteúdos musicais modernos, numa linguagem sonora inovadora».

Deste modo, a apresentação fará um percurso pela história do Castelo de Paderne, desde o período islâmico até à modernidade. Este traço contemporâneo permitirá envolver ouvintes e espectadores, com realidades abertas à diversidade e ao encontro de cultural.

«Pretende-se cuidar da herança e da memória, colocando em destaque o diálogo entre a tradição e o progresso e utilizando a linguagem oral e musical que é acessível a qualquer público».

“Património…um Pass(ad)o para o Futuro” conta com Ana Cristina Oliveira (poesia), António Gamboias (poesia), Gonçalo Pescada (acordeão) e Rui Afonso (percussões).

O projeto é da Associação Cultural Música XXI integrado no DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos – programa cultural da Direção Regional de Cultura do Algarve.

Comentários

pub
pub