Festival F arrancou em força com Salvador Sobral, Kátia Guerreiro e Diogo Piçarra

Primeira noite foi de enchente, mas a segunda ainda se anuncia mais forte

O primeiro dia do Festival F, na Vila-Adentro de Faro, arrancou com uma enchente, em especial no concerto de Diogo Piçarra, a mostrar que os santos da casa ainda fazem milagres.

Mas, em todos os palcos, o público aderiu em massa, fosse nos mais pequenos e com artistas menos conhecidos, fosse nas outras estrelas da noite, Kátia Guerreiro com a Orquestra Clássica do Sul e Salvador Sobral (que cantou «Amar pelos Dois»).

A festa teve ainda lugar na tenda de Gaming (novidade deste ano), sempre habitada por seres mais ou menos estranhos, como os amantes de Cosplay, ou na zona da Silent Party, junto ao Museu.

Sérgio Godinho, Dead Combo e Aurea são os nomes fortes da segunda noite do Festival F, que decorre esta sexta-feira, 31 de Agosto, em Faro.

O Palco Ria, no Largo de São Francisco, acolhe os principais concertos da noite. Às 21h30, começa o espetáculo de Sérgio Godinho, seguindo-se, às 23h00, Aurea. O último concerto será de Piruka, às 1h00.

Já o palco Sé acolhe, a partir das 21h00, Alexander Search, banda que junta Salvador Sobral e o pianista algarvio Júlio Resende.

Rodrigo Leão também atua no mesmo palco, mas às 23h00. Um dos concertos mais aguardados é dos Dead Combo, na Sé, com início à 1h00.

Fora da música, há Governo Sombra para ver, a partir das 19h00, nos Claustros da Sé. Carlos Vaz Marques, Ricardo Araújo Pereira, João Miguel Tavares e Pedro Mexia vão analisar a atualidade política, com o tradicional toque de humor. O programa da TSF e da TVI24 será aqui gravado.

O humor também volta a marcar presença, com os Red Light Comedy, às 22h30, e Hugo Sousa, às 00h00.

 

Fotos de: Elisabete Rodrigues, Pedro Lemos e Rui Santos

 

 

 

Comentários

pub
pub