José Estevens apresenta candidatura a Castro Marim a 5 de Agosto

José Estevens, líder do Movimento Independente Castro Marim Primeiro – CM1 – vai apresentar a sua candidatura à Câmara Municipal de Castro […]

José Estevens, líder do Movimento Independente Castro Marim Primeiro – CM1 – vai apresentar a sua candidatura à Câmara Municipal de Castro Marim, num jantar no espaço contíguo ao Parque Infantil da vila, no dia 5 de Agosto, às 20h00.

Neste jantar que vai reunir, segundo o movimento, «um milhar de castromarinenses, serão apresentadas as candidaturas do Movimento CM1 às várias autarquias do concelho: Assembleia Municipal, Câmara Municipal e Assembleias de Freguesia de Altura, Azinhal, Castro Marim e Odeleite».

O movimento diz que «a candidatura independente de José Estevens à Câmara Municipal de Marim visa inverter a situação de total paralisia económica e social em que o concelho mergulhou nos últimos quatro anos. É urgente empreender um conjunto de políticas capazes de potenciar a atratividade que Castro Marim conheceu entre 1998 e 2013, colocando de novo esta “Terra com História” no mapa».

José Estevens foi presidente da Câmara de Castro Marim durante 16 anos, entre 1998 e 2013, sempre eleito pelo PSD.

Em 2013, por ter atingido os três mandatos consecutivos permitidos por lei, não pôde voltar a candidatar-se em Castro Marim, dando lugar a Francisco Amaral, até aí presidente do vizinho concelho de Alcoutim, que ganhou as eleições.

Nesse mesmo ano, Estevens candidatou-se à Câmara de Tavira, mas acabou derrotado pelo socialista Jorge Botelho.

Mais recentemente, Estevens protagonizou um braço de ferro com Francisco Amaral, já que, sendo líder da Concelhia do PSD castromarinense, lhe retirou a confiança política, porque pretendia também voltar a ser o candidato à Câmara.

Mas a Comissão Política Nacional dos social-democratas manteve o seu apoio à recandidatura do atual edil Francisco Amaral e Estevens acabou por bater com a porta ao seu partido de décadas, em protesto. Surge agora à frente deste movimento autárquico.

Comentários

pub
pub