Portimão promove Semana Intercultural para celebrar 60 nacionalidades do concelho

Portimão irá comemorar a diversidade cultural e viver uma semana dedicada à Interculturalidade, de 22 a 29 de maio, através […]

Portimão irá comemorar a diversidade cultural e viver uma semana dedicada à Interculturalidade, de 22 a 29 de maio, através de um programa de atividades com vista a promover a partilha de experiências e o convívio entre as várias comunidades migrantes, estimulando o diálogo entre as diversas culturas e sensibilizando todos os cidadãos para a importância da construção de uma sociedade mais justa, igualitária e intercultural.

A Semana Intercultural de Portimão conta com um programa diversificado de atividades – música, dança, moda, gastronomia, histórias entre outras – envolvendo a participação ativa de diferentes públicos, desde da comunidade escolar a diversas associações locais de imigrantes (recreativas e desportivas).

A marcar desde logo o ritmo desta Semana, durante os dias 22, 23, 24 e 29 de maio, existe a oportunidade para descobrir outras culturas, através da dança, com a realização de diferentes workshops promovidos pela Academia Dança Mais- dança oriental , hip-hop e danças de salão e pela professora Irina, no caso das Danças Eslavas, todos os dias ao final da tarde, no Pavilhão Gimnosdesportivo de Portimão.

A participação é gratuita, mas limitada a 15 participantes por workshop , sendo que os interessados deverão inscrever-se através do email claim.portimão@cm-portimão.pt ou do telefone 282 470 818 (no horário das 9h00-13h00 e das 14h00-17h00).

Porque a gastronomia promove por excelência a interculturalidade, na Quinta Pedagógica haverá espaço para a realização de Ateliers de Culinária durante a manhã de sábado, dia 27 de maio.

Às 11h00, com o apoio da Associação A CAPELA, terá lugar um workshop de crepes russos, em que imigrantes de leste ensinarão os participantes a cozinhar este prato, ao mesmo tempo que irão partilhar histórias sobre a sua gastronomia e cultura.

Uma hora depois, terá lugar um workshop de pão com chouriço, em que será a vez dos homólogos portugueses ensinarem aos imigrantes a melhor forma de confecionar esta iguaria tão portuguesa. As inscrições são feitas no dia e local e têm um preço simbólico de 1 euro.

Durante a manhã de sábado, o Clube Naval D. João II lança um convite a todos os migrantes para a prática a canoagem e “Stand Up Paddle” e a contactarem de perto com estas duas atividades desportivas e aquáticas. As inscrições poderão ser feitas até à véspera, através de email claim.portimao.pt, telemóvel 925742283 ou no próprio Clube.

A noite de sábado será especialmente marcada pela luz, cor e sons de várias partes do mundo, com o desfile de moda “Padrões do Mundo”- Primavera-Verão 2017, que terá lugar às 21h00, na Praça 1º de Maio (frente aos Paços do Concelho).

As culturas de várias partes do mundo vão cruzar-se na passarela e na elegância das várias propostas de moda apresentadas pela marca convidada – Purple – e por algumas lojas do comércio local (Alma Lusa, Walk With, Mil Prendas, Alberto Oculista, Oculista Manuela, Oculista Amparsol, Oculista Belo Horizonte).

A organização está a cargo da Câmara Municipal de Portimão com o apoio da Escola Profissional Gil Eanes- através do projeto de aptidão profissional da aluna Núria Serrote -, da ACRAL, da Rádio Alvor e da CAPELA – Centro de Apoio à População Emigrante de Leste e Amigos, sendo a entrada livre.

No dia 28 de maio, a partir das 19h00, ocorrerá no auditório do Museu de Portimão um espetáculo de música, danças e cultura de vários cantos do mundo intitulado, precisamente, “Encontro de Culturas” com a participação do Estúdio “Mixdance” e do Grupo vocal “Pérolas do Algarve”, ambos da CAPELA, Grupo Coral de Portimão, Grupo “Estudos de Portimão”, e com os cantores Ana Raposa e Núria Serrote, num momento de interculturalidade por excelência.

Pelo segundo ano consecutivo, será comemorado a 29 de maio o Dia Municipal do Imigrante e da Diversidade Cultural, uma data que passou a fazer parte da agenda local e visa sinalizar «o empenho do município em transformar Portimão numa sociedade intercultural ao invés de uma sociedade multicultural, onde há um cruzamento de culturas que coexistem pacificamente e se respeitam mutuamente na diferença, e onde se pode aprender e enriquecer através do diálogo e da convivência com a diversidade».

A partir das 18h00, no Museu de Portimão ( auditório), sob o lema “Sabores do Mundo” e com a participação do Agrupamento de Escolas Engenheiro Nuno Mergulhão, haverá lugar à apresentação do livro “ Receitas do Mundo” e à degustação de comidas tradicionais de vários países.

Este agrupamento, agraciado pela Direção Geral da Educação e Alto Comissariado para as Migrações com o Selo de Escola Intercultural, Nível III – Avançado, pelo trabalho desenvolvido em prol da integração das minorias e dos imigrantes, tem-se destacado pelo desenvolvimento de um conjunto de atividades ligadas ao tema da interculturalidade.

Dotado de um número significativo de alunos de origem africana, americana e da Europa de leste, o Agrupamento de Escolas Engenheiro Nuno Mergulhão tem vindo a criar dinâmicas que possibilitam aos alunos um maior conhecimento sobre os usos e costumes das diferentes regiões, nomeadamente a elaboração do livro “Receitas do Mundo”, que contou com a participação dos pais e familiares dos alunos e é apresentado no âmbito da comemoração do Dia Municipal do Imigrante e da Diversidade Cultural em ambiente de convívio intergeracional e intercultural.

Por estes dias, também o Museu de Portimão, no âmbito do seu 9º aniversário, inaugura a exposição “Todos somos Portimão”, onde dá a conhecer a evolução e a história do movimento associativo local, desde as suas primeiras manifestações até aos nossos dias, com um especial enfoque para a forma como estas entidades têm vindo a representar a mobilização de cidadãos em torno de objetivos comuns nas áreas culturais desportivas ou sociais.

Destaque será dado aos cidadãos da cidade oriundos de outros países, que têm vindo a fazer a sua integração na sociedade também através do associativismo e do encontro intercultural. Inclusão, cidadania, sentido cívico serão alguns dos conceitos que perpassam por estas atividades e que ajudaram a formar a identidade plural de Portimão atual. Patente até Outubro, esta exposição tem um horário de terça-feira das 14h30 às 18h, e de quarta a domingo das 10h às 18h.

A Semana Intercultural de Portimão surge no âmbito do Plano Municipal para a Integração do Imigrante, que, desde abril de 2015, o Município tem vindo a implementar, protagonizando uma política de inclusão para “bem” acolher, assumindo-se cada vez mais como uma cidade tolerante e solidária para com os migrantes de mais de 60 nacionalidades diferentes que aqui vivem e trabalham.

Comentários

pub
pub