ABC organiza marcha solidária

Percurso tem 6 quilómetros

O Algarve Biomedical Center (ABC-RI), centro de investigação da Universidade do Algarve (UAlg), organiza, no próximo dia 17 de Março, uma marcha solidária pelas doenças do movimento – a “Marcha pelas Ataxias”.

O evento, organizado pelo grupo de investigação de Clévio Nóbrega, líder do laboratório de Neurociência Molecular e Terapia Génica, é aberto a toda a comunidade e conta com um percurso de 6 quilómetros, tendo início no Campus de Gambelas da Universidade do Algarve às 9h30.

Com esta iniciativa de cariz solidário, pretende-se a sensibilização para doenças raras, incuráveis e neurodegenerativas que afetam o movimento, nomeadamente a SCA2 e a SCA3 ou a Doença de Machado-Joseph. Um dos sintomas que estas doenças têm em comum é a ataxia. Este sintoma refere-se à falta de coordenação de movimento em diferentes partes do corpo, que conduz a consequências como falta de equilíbrio, dificuldade em pegar objetos, engolir e falar, entre outros.

Os fundos angariados com a “Marcha pelas Ataxias” irão reverter na sua totalidade para o apoio a duas associações sem fins lucrativos: a Associação Portuguesa de Ataxias Hereditárias (APAHE) e a Associação Atlântica de Apoio aos Doentes de Machado Joseph.

As inscrições nesta caminhada custam 5 euros para crianças (dos 5 anos aos 18 anos) e estudantes (incluindo estudantes do ensino superior) e de 10 euros para a restante comunidade e estarão abertas até ao próximo dia 8 de Março, sendo de carácter obrigatório.

Cada participante estará coberto por um seguro de acidentes pessoais e de responsabilidade civil terá direito a um kit de participante na caminhada que incluirá uma t-shirt alusiva ao evento.

As inscrições podem ser feitas aqui.

 

 



Comentários

pub